Sábado, 10 de fevereiro de 2018, 09h00
PLANTONISTAS
Confira como será o plantão do Judiciário no Carnaval
A desembargadora Serly Marcondes Alves é a magistrada plantonista do Tribunal de Justiça

DA REDAÇÃO

Durante o feriado de Carnaval, o Poder Judiciário de Mato Grosso funcionará em regime de plantão. Tanto nas 79 comarcas, quanto no Tribunal de Justiça um magistrado responde pelas medidas urgentes, com o apoio de servidores das áreas de gestão, distribuição e também oficiais de justiça.

Não haverá expediente forense no PJMT nos dias 12, 13 e 14 de fevereiro, conforme estabelece a Portaria nº 678/2017-PRES, assinada pelo presidente Rui Ramos Ribeiro no ano passado. Esta portaria versa sobre todos os feriados de 2018 no âmbito do Judiciário mato-grossense.
 
O plantão judicial começa às 19h01 desta sexta-feira (9), após o final do expediente normal, e se encerra às 11h59 de quinta-feira (15), pois ao meio-dia todas as unidades judiciárias começam a funcionar como de habitual.
 
A desembargadora Serly Marcondes Alves é a magistrada plantonista do Tribunal de Justiça. Ela fica responsável pelo recebimento dos feitos cíveis e criminais de urgência, como mandados de segurança e habeas corpus.
 
No Fórum de Cuiabá, há a separação do juiz que responde pela esfera cível e de outro que fica com as demandas criminais. Neste feriado de Carnaval, o juiz Antonio Veloso Peleja Junior ficará com os feitos cíveis durante os três dias, com o auxílio da gestora Carla Cristina da Costa Soares da Silva. Eles podem ser contatados pelos telefones (65) 99948-8823/3313-9800.
 
Já na área criminal, o juiz Murilo Moura Mesquita será o plantonista do Carnaval, sendo auxiliado pela gestora Thais Matsuoka da Silva. Telefone de contato: (65) 99949-0558/99667-2604.
 
Em Várzea Grande, a juíza Rachel Fernandes Alencastro Martins é a plantonista da esfera cível e criminal durante o feriado. A gestora Ana Paula Garcia de Moura dará apoio ao plantão, disponível nos números (65) 99225-1385/3688-8451.
 
Para acessar o plantão judicial nas demais comarcas, acesse AQUI.

Fonte: Midia Jur |
Visite o website: http://midiajur.com.br/