Sexta, 19 de maio de 2017, 09h22
"Cartas Marcadas"
Procuradores serão alvos de sindicância

DA REDAÇÃO

A corregedora-geral da Procuradoria Geral do Estado, Glaucia Amaral, decidiu reinstalar a sindicância para a realização de novas diligências necessárias na colheita de provas para o inquérito referente à Operação Cartas Marcadas.

A operação investiga um suposto esquema de emissão fraudulenta de cartas de crédito, no período de 2009 a 2011, feita por 14 pessoas em Mato Grosso. Entre eles estariam os procuradores Dilmar Portilho Meira, Gerson Valério Pouso, Nelson Pereira dos Santos e Jenz Prochnow Junior.

De acordo com a corregedora-geral, é de competência da Procuradoria Geral proceder às sindicâncias e processos administrativos disciplinares já que há procuradores envolvido.

A sindicância tem até 30 dias para iniciar os trabalhos.


Fonte: Midia Jur |
Visite o website: http://midiajur.com.br/