Artigos
  • VICTOR MAIZMAN
    O Judiciário dará solução imediata ao cidadão ou à pessoa jurídica, quando houver ameaça à violação de direito
  • EDUARDO MAHON
    Há nomes que merecem permanecer na memória da Cultura de Mato Grosso; já outros...
Últimas Notícias / EM LONDRES

Tamanho do texto A- A+
10.11.2017 | 09h43
Justiça mandar Uber pagar salário mínimo a motorista
Para empresa, motoristas são prestadores de serviço terceirizado; Uber vai recorrer
Divulgação
Uber enfatiza que seus condutores são trabalhadores independentes
DA FRANCE PRESSE

O tribunal trabalhista de Londres decidiu nesta sexta-feira (10) que a Uber deve considerar os motoristas como seus funcionários e pagar a eles o salário mínimo.

A companhia norte-americana, que afirma ter cerca de 40 mil motoristas e 3,5 milhões de clientes em Londres, tentou reverter uma decisão judicial de 2016 que estabeleceu que os motoristas que usam o aplicativo têm direito à hora de trabalho mínima de 7,50 libras (R$ 32,15) e férias remuneradas.

Até agora, os motoristas são pagos por trajeto. A empresa enfatiza que seus condutores são trabalhadores independentes, que escolhem seus horários e os locais de trabalho.

A Uber tem 14 dias para apresentar um novo recurso e já anunciou que pretende fazer isso.

Os autores da ação têm o apoio do sindicato de trabalhadores independentes da Grã-Bretanha (IWGB).

Uber x Londres

Essa disputa não está relacionada com a cassação da licença da Uber para operar em Londres, anunciada em setembro pela Transport for London (TfL), agência que regula o transporte na capital inglesa.

Uber x trabalho

Lutar para não reconhecer o vínculo trabalhista de motoristas que usam seu aplicativo é a nova frente de batalha da Uber no mundo.

Essa disputa ocorre, por exemplo, nos Estados Unidos, onde a empresa tenta impedir a formação de sindicatos, e no Brasil, onde a empresa foi processada por motoristas, que querem ser reconhecidos como funcionários, e já chamou a atenção do Ministério Público do Trabalho.


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Novembro de 2017
17.11.17 16h13 » Alerj revoga prisões de Jorge Picciani, Paulo Melo e Edson Albertassi
17.11.17 14h40 » Conselheiro diz que PGR é “leviana” e o acusa por “suposições”
17.11.17 11h21 » TJ nega recurso do Estado e mantém reposição de 11% a policiais
17.11.17 11h20 » Juiz condena quatro ex-servidores da Sefaz a seis anos de prisão
16.11.17 17h39 » TJ nega pedido do MPE para afastar prefeita de Juara e deputado
16.11.17 17h37 » Cerca de 2 mil advogados de MT podem ser suspensos
16.11.17 17h26 » Tribunal nega liminar para obrigar Taques a aposentar conselheiro
16.11.17 16h30 » Raquel Dodge denuncia ministro do TSE por lesão corporal
16.11.17 16h17 » MPF pede bloqueio de R$ 24 milhões de Lula e do filho
16.11.17 16h07 » Justiça Federal expede novo mandado de prisão contra Jacob Barata Filho



Copyright 2012 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet