Artigos
  • GISELE NASCIMENTO
    Decisões que atestam o “mero aborrecimento” em casos de desrespeito ao consumidor estimulam o “mero abuso”
  • HÉLCIO CORRÊA
    Não vale mais baratear debate prisional no Brasil ou ficar inutilizando recursos públicos no modelo vingativo e ineficaz
  • VICTOR MAIZMAN
    Cláusula do Devido Processo Legal assegura que ninguém será privado de seus bens, sem o processo legal
  • GONÇALO DE BARROS
    Nas redes sociais, os julgamentos são mais abertos, transparentes; a exceção é o anonimato
J. do Trabalho / PARCERIA

Tamanho do texto A- A+
17.07.2017 | 09h24
TRT renova termo aditivo para utilização de aeronaves do Estado
Presidente do TRT diz que a utilização das aeronaves dá mais celeridade nas ações distantes da capital
Alessandro Cassemiro
Encontro entre autoridades ocorreu na sede do TRT em Cuiabá
DA REDAÇÃO

A presidente do Tribunal Regional do Trabalho de Mato Grosso (TRT/MT), desembargadora Beatriz Theodoro, e o secretário de Segurança Pública de Mato Grosso, Rogers Jarbas, renovaram na sexta-feira (14), um convênio que possibilita à Justiça do Trabalho utilizar aeronaves para ações no interior do Estado. 

Trata-se do segundo termo aditivo à cooperação técnica já existente entre o Tribunal e o Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer).  A renovação da parceria começou a surtir efeitos no momento da assinatura e a expectativa é que uma aeronave seja utilizada na próxima semana para o encerramento da Correição na Vara do Trabalho de Juara.

Segundo a presidente do Tribunal, a utilização das aeronaves dá mais celeridade nas ações distantes da capital. A presidente também agradeceu o empenho do Governo de Mato Grosso na realização de parcerias que beneficiam o cidadão. “Só temos a agradecer à administração estadual que sempre estão prontos a nos atender”, afirmou.

Na ocasião também foi discutida a realização de uma cooperação para que policiais militares, da ativa ou aposentados, realizem a segurança das varas do trabalho de Mato Grosso que estão sem guarnição. O secretário de segurança demonstrou disposição em atender ao pedido do Tribunal e garantiu que vai se empenhar para encontrar uma solução.

 


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Dezembro de 2017
14.12.17 10h06 » JBS paga R$ 200 mil em indenização por danos morais
12.12.17 08h52 » JBS firma acordo com MPT e pagará R$ 650 mil por demissão em massa
Novembro de 2017
28.11.17 11h47 » Chefe de cozinha é demitido por mandar pornografia à colega
24.11.17 17h33 » Juiz Nicanor Fávero é nomeado desembargador do TRT
21.11.17 09h24 » MPT obtém liminar contra supermercado para combater assédio
13.11.17 16h22 » Baseado na reforma trabalhista, juiz condena trabalhador em R$ 8 mil
13.11.17 09h45 » Juíza: "A reforma vem para fortalecer e moralizar o judiciário"
10.11.17 10h23 » Nova lei trabalhista entra em vigor neste sábado
03.11.17 11h12 » Escritório de advocacia é condenado por tratar estagiária como empregada
Outubro de 2017
23.10.17 18h11 » MPT pedirá à Justiça divulgação oficial da lista do trabalho escravo



Copyright 2012 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet