Artigos
  • HÉLCIO CORRÊA
    Tanta tirania e distorção como falsa defesa da ordem jurídica. Aqui toda autocracia judicial tem custo alto e perigoso à democracia
  • VICTOR MAIZMAN
    É preciso que o empreendedor tenha conhecimento dos seus direitos assegurados não apenas na legislação, como na própria Constituição Federal
J. do Trabalho / TRT/MT

Tamanho do texto A- A+
17.01.2017 | 14h51
Leilões regionais arrecadaram 4,8 milhões de reais em 2016
Além dos leilões regionais, as Varas Trabalhistas da capital e do interior também realizam leilões
Reprodução
Dentre os bens incluídos nos leilões regionais de 2016 destacam-se prédios e galpões comerciais e industriais, casas e terrenos em Cuiabá e diversos municípios do estado, além de carros, caminhões, maquinários e outros móveis
DA ASSESSORIA

Em 2016, o Tribunal Regional do Trabalho de Mato Grosso realizou dois leilões regionais nos meses de junho e setembro com 4,5 milhões de reais arrecadados.  Além desses valores, foram negociados ainda 263,8 mil reais provenientes de acordos, parcelamentos ou mesmo bens retirados do leilão por quitação de débito, o que resultou em um total de 4,8 milhões de reais.

No total, foram apregoados 181 bens, dos quais 34 foram arrematados. Entre os bens incluídos na hasta pública, estavam 103 imóveis e 118 móveis, avaliados em 115,9 milhões de reais.

Em junho do ano passado o Tribunal utilizou pela primeira vez o leilão eletrônico, que permite, além da tradicional modalidade presencial, que os interessados ofertem lances pela internet. A nova modalidade visa contribuir nas vendas dos bens penhorados, trazendo maior eficiência e celeridade na solução dos processos em tramitação na fase de execução. Nos dois leilões realizados no ano passado, foram arrematados no total sete bens via internet e 27 de forma presencial.

Além dos leilões regionais, as Varas Trabalhistas da capital e do interior também realizam leilões.

Dentre os bens incluídos nos leilões regionais de 2016 destacam-se prédios e galpões comerciais e industriais, casas e terrenos em Cuiabá e diversos municípios do estado, além de carros, caminhões, maquinários e outros móveis.


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Setembro de 2017
22.09.17 19h15 » Alvo de ação milionária, Riachuelo diz que MPT destrói empregos
18.09.17 15h41 » TST equipara assessor de imprensa a jornalista para pagamento de horas extras
Agosto de 2017
24.08.17 18h10 » Tribunal do Trabalho de SP aceita intermediar acordos pelo WhatsApp
23.08.17 17h51 » Ex-funcionária mente em ação trabalhista e é condenada a pagar multa
15.08.17 15h51 » Homem é indenizado após ficar impotente temporariamente
14.08.17 15h49 » Empresa não pode suspender planos de saúde de afastados por doença
01.08.17 09h49 » Férias: atraso de 2 dias não exige valor em dobro, diz TST
Julho de 2017
31.07.17 09h56 » Trabalhador que mentiu sobre demissão é condenado por litigância de má-fé
29.07.17 08h52 » Quem pede demissão grávida não tem direito a estabilidade, decide TST
28.07.17 15h04 » Demitida pelo WhatsApp será indenizada em R$ 10 mil



Copyright 2012 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet