Artigos
  • MAURO VIVEIROS
    O delator estará sempre em melhores condições morais que os delatados, que costumam negar crimes contra evidências
  • VICTOR MAIZMAN
    Expediente traz insegurança jurídica, uma vez que sua edição gera efeitos, mesmo sendo provisória
J. do Trabalho / TRT/MT

Tamanho do texto A- A+
09.01.2017 | 15h27
Prazos e atendimento regular ao público estão suspensos
Sessões do TRT/MT e das Varas do Trabalho estarão suspensos de 7 a 20 de janeiro
Reprodução
A decisão tem como objetivo possibilitar que as unidades realizem uma série de atividades administrativas internas
DA ASSESSORIA

Os prazos processuais e regimentais bem como a realização de audiências e as sessões de julgamentos do Tribunal Regional do Trabalho de Mato Grosso (TRT/MT) e das Varas do Trabalho do estado estarão suspensos no período de 7 a 20 de janeiro de 2017. A decisão tem como objetivo possibilitar que as unidades realizem uma série de atividades administrativas internas, como inspeção judicial, atualização e revisão do cadastro de partes e advogados e o levantamento dos saldos existentes em contas judiciais.

A suspensão consta da Resolução Administrativa 200/2016, aprovada pelo Tribunal Pleno em 22 de agosto do ano passado.

No período de inspeção, não haverá atendimento regular ao público, exceto para prevenir e resguardar o perecimento de direito, cabendo ao magistrado sanear os processos na fase de execução, homologar conciliações e analisar petições que tenham caráter de urgência ou relevância.

A adoção da medida levou em conta requerimento da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional de Mato Grosso, por meio do OF. OAB-MT/GP Nº 234/2016. A entidade pleiteava a suspensão de prazos, das audiências e sessões, bem como da publicação de notas de expediente no período de 20 de dezembro de 2016 a 20 de janeiro de 2017.


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Agosto de 2017
15.08.17 15h51 » Homem é indenizado após ficar impotente temporariamente
14.08.17 15h49 » Empresa não pode suspender planos de saúde de afastados por doença
01.08.17 09h49 » Férias: atraso de 2 dias não exige valor em dobro, diz TST
Julho de 2017
31.07.17 09h56 » Trabalhador que mentiu sobre demissão é condenado por litigância de má-fé
29.07.17 08h52 » Quem pede demissão grávida não tem direito a estabilidade, decide TST
28.07.17 15h04 » Demitida pelo WhatsApp será indenizada em R$ 10 mil
18.07.17 17h29 » Empresa de construção é condenada por não contratar aprendiz
17.07.17 09h24 » TRT renova termo aditivo para utilização de aeronaves do Estado
08.07.17 08h32 » Acidente na volta para casa dá direito a estabilidade de emprego
Junho de 2017
30.06.17 16h08 » Incapacidade de ir ao Judiciário por causa de depressão anula prescrição



Copyright 2012 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet