Artigos
  • HÉLCIO CORRÊA
    Tanta tirania e distorção como falsa defesa da ordem jurídica. Aqui toda autocracia judicial tem custo alto e perigoso à democracia
  • VICTOR MAIZMAN
    É preciso que o empreendedor tenha conhecimento dos seus direitos assegurados não apenas na legislação, como na própria Constituição Federal
J. do Trabalho / TRT/MT

Tamanho do texto A- A+
21.11.2016 | 15h32
Sete novos servidores tomam posse na Justiça do Trabalho de Mato Grosso
Os novos servidores serão lotados em varas do interior do Estado
Reprodução
Foram empossados os servidores Milena Ferreira, Lucas Gabriel Martins, Pryscylla Brito, Carolina Adelina, Luciana Ribas, Alexandre Leite e Daniel Araújo
DA ASSESSORIA

Mais sete aprovados no concurso público do Tribunal Regional do Trabalho de Mato Grosso (TRT/MT) deste ano tomaram posse nesta segunda-feira (21). No cargo de analista judiciário foram empossados os servidores Milena Ferreira, Lucas Gabriel Martins, Pryscylla Brito e Carolina Adelina. Outros três aprovados em cargos de técnico judiciário também foram empossados: Luciana Ribas, Alexandre Leite e Daniel Araújo.

O diretor geral do Tribunal, Amadeu Gonçalves, deu boas-vindas aos servidores destacando a importância do trabalho da Justiça do Trabalho e a hospitalidade mato-grossense. “Agora vocês fazer parte dessa casa para prestar um serviço de qualidade para o cidadão”, afirmou.

Entre os novos servidores estava Luciana Ribas, natural de Recife (PE). Ela conta que recebeu com entusiasmo a notícia da nomeação. Formada em Direito, ela conta que as expectativas para começar a atuar na Justiça do Trabalho, em Água Boa, são as melhores. “Fiquei muito feliz e desde que cheguei aqui em Mato Grosso fui muito bem recebida por todos e estou feliz por agora fazer parte da Justiça do Trabalho’, afirmou.

Os novos servidores serão lotados em varas do interior, para onde irão após participarem do Programa Acolhida. A ação, que termina nesta terça (25), repassa informações sobre os sistemas informatizados, gestão estratégica e cadastro funcional, além do uso do certificado digital, política de diversidade, benefícios concedidos pelo Tribunal, entre outros assuntos.


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Setembro de 2017
22.09.17 19h15 » Alvo de ação milionária, Riachuelo diz que MPT destrói empregos
18.09.17 15h41 » TST equipara assessor de imprensa a jornalista para pagamento de horas extras
Agosto de 2017
24.08.17 18h10 » Tribunal do Trabalho de SP aceita intermediar acordos pelo WhatsApp
23.08.17 17h51 » Ex-funcionária mente em ação trabalhista e é condenada a pagar multa
15.08.17 15h51 » Homem é indenizado após ficar impotente temporariamente
14.08.17 15h49 » Empresa não pode suspender planos de saúde de afastados por doença
01.08.17 09h49 » Férias: atraso de 2 dias não exige valor em dobro, diz TST
Julho de 2017
31.07.17 09h56 » Trabalhador que mentiu sobre demissão é condenado por litigância de má-fé
29.07.17 08h52 » Quem pede demissão grávida não tem direito a estabilidade, decide TST
28.07.17 15h04 » Demitida pelo WhatsApp será indenizada em R$ 10 mil



Copyright 2012 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet