Artigos
  • VICTOR MAIZMAN
    Juridicamente é irrelevante o nome que se dá ao tributo, devendo ser definido o tributo através de seu fato gerador
  • RENATO GOMES NERY
    Não pode a Justiça afirmar que tal cor um dia é preta e no outro dia é branca; isto leva ao descrédito
  • VALBER MELO E FILIPE MAIA BROETO
    Ao implementar-se o método do discovery, eliminar-se-ão os "blefes", os "trunfos", as "jogadas desleais", bem como os eventuais "jogadores espertos"
TCE / REUNIÃO ENTRE OS PODERES

Tamanho do texto A- A+
23.02.2018 | 14h16
TCE conhece atual quadro financeiro e fiscal do Estado e avalia como ajudar
As informações e números da gestão foram apresentados pelo governador Pedro Taques
Reprodução/TCE
Domingos de Campos Neto e Pedro Taques durante reunião nesta manhã
DA REDAÇÃO
O Tribunal de Contas de Mato Grosso conheceu nesta sexta-feira (23) o atual quadro financeiro e fiscal da administração estadual.
 
As informações e números da gestão foram apresentados pelo governador Pedro Taques e equipe econômica ao conselheiro presidente do TCE-MT, Gonçalo Domingos de Campos Neto, e aos demais conselheiros, em reunião ocorrida de manhã na Presidência.
 
A equipe econômica apresentou números referentes ao repasse do duodécimo aos poderes, folha salarial dos servidores públicos, previdência, receitas e despesas; e anunciou algumas medidas que estão sendo tomadas para equalizar a arrecadação e os gastos. Também solicitou apoio do TCE-MT para enfrentar a crise econômica que o Estado atravessa.
 
O presidente Domingos Neto disse que todos os temas conversados no encontro de hoje serão discutidos na reunião do colegiado, com a presença de todos os conselheiros.
 
Disse ainda que, como órgão de controle externo, o TCE estudará formas de contribuir com o governo e, consequentemente, melhorar a vida do cidadão mato-grossense.
 
Participaram da reunião, pelo TCE, além do presidente, os conselheiros Luiz Henrique Lima (vice-presidente); Isaías Lopes da Cunha (corregedor-geral); Jaqueline Jacobsen Marques; Ronaldo Ribeiro e João Batista Camargo. Pelo governo, além do governador, estavam presentes o secretário de Fazenda, Rogério Gallo; de Planejamento, Guilherme Müller; da Casa Civil, Max Russi; e de Gestão, Júlio Modesto.

Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Outubro de 2018
16.10.18 15h04 » TCE suspende pregão de R$ 8,5 milhões da Prefeitura de Cuiabá
13.10.18 11h37 » Prefeito de Juína é multado por falta de transparência
11.10.18 18h04 » TCE determina indisponibilidade de bens de gestores do Impro
11.10.18 17h48 » TCE anula ato da licitação do transporte público na Capital
09.10.18 11h40 » TCE determina que prefeito de Poconé respeite a LRF
08.10.18 17h12 » TCE aprova contas de fundo do Judiciário sem ressalvas
08.10.18 17h01 » Ex-prefeito é condenado a devolver mais R$ 377 mil ao erário
08.10.18 16h59 » Proponente terá que devolver R$ 20 mil para a Cultura de MT
05.10.18 15h32 » Ex-presidente da Câmara de Várzea Grande perde recurso
05.10.18 15h30 » Tribunal de Contas de MT mantém multas a ex-gestores



Copyright © 2018 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet