Artigos
  • LUIZ FLÁVIO GOMES
    O habeas corpus protocolado em favor do ex-presidente Lula começou juridicamente errado
  • RENATO GOMES NERY
    Livro expõe como a polícia americana age para debelar o crime organizado, com a aplicação da Lei Rico
TCE / PÓS-OPERAÇÃO

Tamanho do texto A- A+
19.09.2017 | 11h05
Pleno do Tribunal de Contas realiza sessão nesta quinta
Operação Malebolge, da Polícia Federal, afastou cinco conselheiros da Corte de Contas
Reprodução
O conselheiro Campos Neto, que está na presidência do TCE
DA REDAÇÃO

O Pleno do Tribunal de Contas de Mato Grosso se reúne em sessão ordinária nesta quinta-feira (21), a partir das 8h30.

Esta será a primeira sessão após a Operação Malebolge, deflagrada pela Polícia Federal e que resultou no afastamento de cinco conselheiros da Corte.

Da pauta de julgamentos constam 19 processos, sendo que alguns deles foram designados para esta sessão em razão da suspensão ocorrida na última semana. Outros são de competência da 1ª e 2ª Câmaras de Julgamentos do TCE-MT.

A pauta de julgamentos está publicada no Diário Oficial de Contas que circula nesta segunda-feira (18.09).

Entre os processos, está a homologação da medida cautelar concedida pelo conselheiro interino Luiz Carlos Pereira, em Representação de Natureza Interna interposta pelo Ministério Público de Contas, acerca de indícios de irregularidades na edição do Decreto nº 6.343/2017, que concedia suplementação à Câmara de Cuiabá.

Também estão na pauta a análise e julgamento das contas anuais de gestão do Ministério Público Estadual, referentes a 2016; resultado da auditoria realizada nas adesões às atas de registro de preços pela Defensoria Pública e auditoria sobre a movimentação financeira da Prefeitura de Peixoto de Azevedo de 1º de janeiro de 2015 a 31 de julho de 2016; além de recursos, tomadas de contas, entre outros.

A sessão será presidida pelo presidente em substituição legal do TCE-MT, conselheiro Gonçalo Domingos de Campos Neto e transmitida ao vivo pelo Portal do TCE-MT, a partir das 8h30.


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Julho de 2018
02.07.18 08h22 » "Tiranos, corruptos e incompetentes pedem o fim dos tribunais"
Junho de 2018
26.06.18 15h48 » Cautelar do TCE suspende convênios entre Casa de Guimarães e Estado
21.06.18 16h57 » Empresa e servidores são punidos por superfaturamento
20.06.18 15h58 » TCE homologa suspensão de licitação de R$ 202 mi da Sinfra
19.06.18 08h27 » TCE cita 17 falhas graves mas dá parecer favorável a Taques
13.06.18 10h41 » Ex-chefe da Defensoria e empresas devem devolver R$ 661 mil
12.06.18 15h19 » Conselheira do TCE-MT vota para que deputados devolvam R$ 16 milhões
07.06.18 17h06 » Secretário tem 3 dias para explicar convênio de R$ 1,5 milhão
Maio de 2018
28.05.18 16h15 » Cautelar determina suspensão de processo licitatório da Sinfra
24.05.18 17h02 » Mangueira e empresa terão que devolver R$ 509 mil a Cuiabá



Copyright © 2018 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet