Artigos
  • HÉLCIO CORRÊA
    Tanta tirania e distorção como falsa defesa da ordem jurídica. Aqui toda autocracia judicial tem custo alto e perigoso à democracia
  • VICTOR MAIZMAN
    É preciso que o empreendedor tenha conhecimento dos seus direitos assegurados não apenas na legislação, como na própria Constituição Federal
TCE / SEM RGA NO TCE

Tamanho do texto A- A+
22.05.2016 | 15h00
Sindicalista: anúncio deixou servidores em estado de choque
TCE acompanha Executivo e não concederá revisão
MidiaNews
Servidores do TCE, por enquanto, também não receberão a RGA
CAMILA RIBEIRO
DA REDAÇÃO

Os servidores do Tribunal de Contas do Estado (TCE-MT) dizem ter sido pegos de surpresa com o anúncio do presidente do órgão, conselheiro Antônio Joaquim, que decidiu acompanhar o Poder Executivo e não conceder a reposição inflacionária (Revisão Geral Anual) na folha salarial de maio.

“Foi uma decisão que nos pegou de surpresa e que deixou os servidores em choque, pois a RGA é uma reposição amparada em lei”, afirmou a presidente do Sindicato dos Trabalhadores do TCE (SINTTCONTAS), Eloiza Ferreira, em entrevista ao MidiaNews.

Em nota encaminhada à imprensa, Antônio Joaquim justificou a sua decisão de não conceder o reajuste, neste momento, “em nome da governança pública”.

Não houve uma conversa com os servidores e isso gerou um descontentamento

Ele disse estar ciente de que uma posição diferenciada daquela do Poder Executivo somente agravaria a crise institucional no Estado.

Segundo Eloiza Ferreira, a decisão do presidente foi de caráter pessoal e sem uma conversa prévia com os servidores.

“Essa é uma decisão do presidente, não houve uma conversa com os servidores e isso gerou um descontentamento”, disse Eloiza.

Ainda segundo ela, a principal insatisfação de parte dos servidores é em razão de que muitos deles não têm qualquer reajuste em seus salários, a não ser a RGA.

“Antes de tudo, é preciso esclarecer que as negociações para a recomposição anual de 2016 ainda estão em curso. Até o presente momento não foi oficializado, pelo Presidente do TCE, a posição de que não serão recompostas as perdas inflacionárias deste ano”, disse Eloiza, por meio de nota encaminhada à imprensa.

No documento, o sindicato pontua ainda que, havendo o indicativo oficial de que a reposição salarial não será concedida, a questão será submetida à assembleia geral e só então haverá um posicionamento da entidade sindical sobre o assunto.

O sindicato esperava se reunir com o presidente do TCE na última quarta-feira (18), mas ele estava viajando. Antônio Joaquim deverá voltar nesta segunda-feira. A ideia do sindicato é conversar com o conselheiro ainda nesta semana.

Leia mais sobre o assunto:

TCE acompanha Governo e não concede reposição a servidores


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Outubro de 2017
12.10.17 17h30 » Silval iria pagar R$ 10 milhões a Riva para ser indicado ao TCE
11.10.17 17h50 » TCE alerta Governo sobre gasto excessivo com salário de servidor
03.10.17 08h45 » TCE aponta que 45% dos médicos não cumprem carga horária
01.10.17 14h01 » Conselheiro teria usado dinheiro ilícito para comprar canal de TV
Setembro de 2017
29.09.17 14h51 » Pleno mantém decisão que suspendeu licitação de R$ 752 milhões
25.09.17 17h18 » "Os conselheiros substitutos morrerão substitutos", diz Joaquim
25.09.17 13h35 » Conselheiro pede devolução de bens e autorização para falar com esposa
21.09.17 09h01 » TCE fará perícia para saber se houve dolo em sobrepreço
19.09.17 11h42 » Joaquim aponta “nulidade” e pede que STF o reconduza ao cargo
19.09.17 11h05 » Pleno do Tribunal de Contas realiza sessão nesta quinta



Copyright 2012 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet