Artigos
  • FRANCISCO BRITO JUNIOR
    Os partidos pequenos precisam traçar estratégias para continuar sua existência por meio de registro de candidatos com força eleitoral
  • ANTONIO SÉRGIO PITOMBO
    Este tipo de profissional do Direito engana a si mesmo e a seus clientes
  • JOSÉ RENATO CORDOVEZ
    MT e outros Estados erraram ao instituir tarifas sobre a base de cálculo da energia elétrica
  • LUIZ FLÁVIO GOMES
    Depois de uma devastadora recessão econômica e uma série de instabilidades políticas, vivemos uma ressaca dramática
OAB / ANUIDADE EM ATRASO

Tamanho do texto A- A+
17.01.2018 | 16h07
800 advogados de MT podem ter registro suspenso pela OAB
As certidões devem começar a ser analisadas pelo TED em fevereiro
Reprodução
A falta ética pode culminar na suspensão do exercício profissional
DA REDAÇÃO

Cerca de 800 certidões de débito foram encaminhadas ao Tribunal de Ética e Disciplina (TED) pela Tesouraria da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional de Mato Grosso (OAB-MT) no final de 2017 em razão do não pagamento de anuidades por membros da advocacia no Estado. A falta ética pode culminar na suspensão do exercício profissional.

As certidões foram emitidas depois do período de conciliação realizado pela entidade para quitação de débitos, entre novembro e dezembro passados. Anteriormente, eram 1.992 profissionais inadimplentes sujeitos à suspensão do exercício profissional em função da falta de pagamento.

As certidões devem começar a ser analisadas pelo TED em fevereiro, quando reinicia seu funcionamento.

A falta de pagamento das anuidades da OAB-MT é conduta prevista como infração ética e disciplinar no Estatuto da Advocacia (Lei 8.906/94), de acordo com o artigo 34 (inciso XXIII), cuja sanção é a interdição do exercício profissional em todo território nacional.

“Os membros da advocacia inadimplentes são inscritos na dívida ativa da OAB e as certidões de débito são encaminhadas ao TED. Aqueles que não procuraram a Ordem para negociar seus débitos serão intimados acerca da abertura do processo no Tribunal”, esclareceu o diretor tesoureiro da OAB-MT, Helmut Daltro.

Caso a deliberação do TED seja pela sanção, a suspensão do profissional pode durar de 30 dias a 12 meses, conforme o artigo 37 do Estatuto da Advocacia, ou até que se satisfaça integralmente a dívida, inclusive com correção monetária.

A anuidade da OAB-MT vence no mês de março, com condições diferenciadas de pagamento até fevereiro de cada ano, ou a possibilidade de parcelamento em até 11 vezes, a partir do mês de vencimento. Em 2018, o valor está congelado conforme o mesmo praticado no ano passado.


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Fevereiro de 2018
10.02.18 08h53 » Tribunal de Ética e Disciplina da OAB-MT inicia notificações
Janeiro de 2018
25.01.18 16h03 » OAB pede gravação para provar suposta ameaça feita por ex-juiz
17.01.18 16h07 » 800 advogados de MT podem ter registro suspenso pela OAB
17.01.18 15h57 » OAB de MT requer ação contra lei que reduz valor da RPV
03.01.18 16h58 » OAB divulga calendário de provas do Exame de Ordem em 2018
Novembro de 2017
24.11.17 11h29 » Advogado é preso após causar confusão em agência bancária
16.11.17 17h37 » Cerca de 2 mil advogados de MT podem ser suspensos
09.11.17 08h19 » Workshop na OAB-MT discute como resolver conflitos familiares
06.11.17 10h00 » OAB questiona dispositivo que tipifica delito de desacato a agente público
01.11.17 17h56 » Juiz atuou no próprio processo em que é parte, diz ex-vice da OAB



Copyright © 2018 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet