Artigos
  • VICTOR MAIZMAN
    Juridicamente é irrelevante o nome que se dá ao tributo, devendo ser definido o tributo através de seu fato gerador
  • RENATO GOMES NERY
    Não pode a Justiça afirmar que tal cor um dia é preta e no outro dia é branca; isto leva ao descrédito
  • VALBER MELO E FILIPE MAIA BROETO
    Ao implementar-se o método do discovery, eliminar-se-ão os "blefes", os "trunfos", as "jogadas desleais", bem como os eventuais "jogadores espertos"
OAB / VEJA O VÍDEO

Tamanho do texto A- A+
25.10.2017 | 16h18
Presidente da OAB de Osasco é presa ao receber propina de vereador
Imagens gravadas pelo parlamentar mostram o marido da presidente da subseção pedindo R$ 20 mil
Reprodução/TV Globo
A advogada foi detida junto com seu marido, Carlos Gomes, enquanto saíam de um restaurante
BRUNO TAVARES
DO G1

A presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Osasco, na Grande São Paulo, foi presa em flagrante na noite desta terça-feira (24), em São Roque, no interior do estado, recebendo propina do presidente da Câmara dos Vereadores da cidade.

A advogada Libania Aparecida da Silva e o marido dela, Carlos Gomes, exigiam dinheiro para não fazer denúncias contra Elissandro Lindoso, do PSDB, no Ministério Público.

A prisão foi feita em flagrante na noite desta terça, após o três saírem de um restaurante onde foi feito o pagamento de mais uma parcela da propina. Esta seria a última parcela de uma propina de R$12 mil. O presidente da Câmara disse que começou a ser extorquido há um mês e meio.

O acordo também envolvia dois cargos comissionados para que a advogada parasse de fazer denúncias.

“Nosso prédio da Câmara não tem AVCB, não tem habite-se, acabei achando um prédio do lado, loquei, fui representado por desperdício de dinheiro público”, disse o vereador Elissandro.

Ao ser presa, a advogada negou que o dinheiro fosse propina, e alegou que eram o pagamento de honorários. Na delegacia, a versão mudou. “Meu marido e o outro rapaz saíram e foram pra fora pra conversar e eu fui no banheiro, porque ele pediu a conta. Ele pediu a conta, eu voltei ele disse que achou dinheiro dentro da minha bolsa. A menina pediu a minha bolsa e eu dei. Tem um envelope com dinheiro”.

Sobre o aluguel do prédio da Câmara, o vereador Elissandro Lindoso disse que o prédio representa economia para os cofres públicos e que já está em uso. A OAB de Osasco falou que não vai se manifestar. A presidente da OAB e o marido dela estão agora em Sorocaba, numa audiência de custódia.

Veja no vídeo abaixo o momento da prisão:

Fonte: https://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/presidente-da-oab-de-osasco-e-presa-ao-receber-propina-de-vereador.ghtml


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Setembro de 2018
28.09.18 08h48 » "Desafio é fazer valer os direitos sociais", diz Leonardo Campos
14.09.18 16h17 » Advogados são denunciados por captação ilícita de clientes
Agosto de 2018
29.08.18 11h05 » OAB pede quebra de sigilo de delações de Alan e Permínio
Julho de 2018
30.07.18 18h02 » OAB-MT solicita cópia de depoimentos e fará nova cobrança ao STJ
Junho de 2018
26.06.18 17h47 » Três são detidos sob suspeita de captação ilícita de clientes
20.06.18 17h02 » Dois são presos por promessa de "limpar nome" de clientes
Abril de 2018
26.04.18 16h38 » OAB-MT instaura processos para apurar conduta de inadimplentes
24.04.18 14h39 » OAB-MT alerta sobre golpe contra idosos e aposentados
13.04.18 17h32 » OAB: juíza violou Lei da Magistratura e Código de Ética
08.04.18 14h56 » OAB-MT pede cópia de processo para investigar dois advogados



Copyright © 2018 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet