Artigos
  • GISELE NASCIMENTO
    Decisões que atestam o “mero aborrecimento” em casos de desrespeito ao consumidor estimulam o “mero abuso”
  • HÉLCIO CORRÊA
    Não vale mais baratear debate prisional no Brasil ou ficar inutilizando recursos públicos no modelo vingativo e ineficaz
  • VICTOR MAIZMAN
    Cláusula do Devido Processo Legal assegura que ninguém será privado de seus bens, sem o processo legal
  • GONÇALO DE BARROS
    Nas redes sociais, os julgamentos são mais abertos, transparentes; a exceção é o anonimato
OAB / JUDICIÁRIO

Tamanho do texto A- A+
01.02.2017 | 17h59
OAB-MT discute construção de novo Fórum em Várzea Grande
Presidente da subseçã apresentou dificuldades vivenciadas no prédio atual
Reprodução
Presidente do TJ, presidente da OAB-MT e outros se reuniram para debater construção
DA ASSESSORIA

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Mato Grosso (OAB-MT), Leonardo Campos; a presidente da subseção de Várzea Grande, Flávia Petersen Moretti e o secretário-geral da subseção OAB Várzea Grande, Richard Becker, reuniram-se com o presidente do Poder Judiciário de Mato Grosso (PJMT), desembargador Rui Ramos, para discutir a construção de um novo prédio para abrigar o Fórum.

A presidente da subseção de Várzea Grande apresentou uma série de dificuldades vivenciadas no prédio atual em relação à infraestrutura, inclusive do cabeamento necessário para o pleno funcionamento do Processo Judicial Eletrônico (PJE), por exemplo.

Ela ainda ressaltou que, no Jardim Glória, a demanda já supera em muito a estrutura oferecida.

Diante da situação, Rui Ramos sinalizou a intenção de construir uma nova sede do Fórum de Várzea Grande, contudo, é necessário que antes seja feito o estudo de viabilidade econômica.

Flávia Moretti se propôs a apresentar o masterplan do município que está recebendo as instalações do Parque Tecnológico e o campus da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), prestes a entrar em funcionamento.

“Quero visitar pessoalmente o local e analisar o projeto existente”, declarou o presidente do PJMT em relação ao prédio previsto para ser construído no Bairro Chapéu do Sol.

Leonardo Campos ponderou que a OAB-MT tem ciência das limitações orçamentárias do PJMT, mas ressaltou a disponibilidade do desembargador em receber as reivindicações da comarca e que tal pleito deve ser tratado com prioridade.


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Novembro de 2017
24.11.17 11h29 » Advogado é preso após causar confusão em agência bancária
16.11.17 17h37 » Cerca de 2 mil advogados de MT podem ser suspensos
09.11.17 08h19 » Workshop na OAB-MT discute como resolver conflitos familiares
06.11.17 10h00 » OAB questiona dispositivo que tipifica delito de desacato a agente público
01.11.17 17h56 » Juiz atuou no próprio processo em que é parte, diz ex-vice da OAB
Outubro de 2017
31.10.17 16h07 » OAB-MT diz que vai acionar policial acusado de agredir advogado
25.10.17 16h18 » Presidente da OAB de Osasco é presa ao receber propina de vereador
Setembro de 2017
29.09.17 18h20 » OAB exclui João Emanuel da advocacia por considerá-lo inidôneo
29.09.17 13h52 » Conciliador e advogado celebram termo de conciliação
01.09.17 14h57 » Primeira fase do Exame de Ordem tem recorde de candidatos reprovados



Copyright 2012 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet