Artigos
  • IRAJÁ LACERDA
    Empresas que tiveram gastos com obrigações ambientais têm crédito de PIS e Cofins
  • GABRIELA SEVIGNANI
    É um direito do segurado que teve sua capacidade laborativa prejudicada
OAB / PEIXOTO DE AZEVEDO

Tamanho do texto A- A+
24.01.2017 | 15h27
Sesp realiza audiência pública para debater criminalidade em Peixoto de Azevedo
Audiência, solicitada pela OAB, está marcada para terça (31), no Fórum da Comarca
Divulgação
iante do crescimento do número de homicídios no município, o presidente da 14ª Subseção reuniu-se como secretário-adjunto da Sesp, Gustavo Garcia, para solicitar adoção de medidas imediatas
DA ASSESSORIA

Atendendo ao pedido do presidente da subseção de Peixoto de Azevedo da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Mato Grosso (OAB-MT), Marcus Macedo, a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) realizará uma audiência pública no município para discutir a criminalidade e medidas de segurança para a população.

“A participação da sociedade civil organizada na audiência pública é de suma importância para colaborarmos com a construção de um sistema de segurança pública adequado aos anseios da população peixotense”, destacou Marcus Macedo.

A audiência está marcada para terça-feira (31), a partir das 9h30, no Fórum da Comarca de Peixoto de Azevedo.

Diante do crescimento do número de homicídios no município, o presidente da 14ª Subseção reuniu-se como secretário-adjunto da Sesp, Gustavo Garcia, para solicitar adoção de medidas imediatas.

Uma das propostas apresentadas pelo presidente da OAB Peixoto de Azevedo foi a realização da audiência pública que foi prontamente atendida pelo secretário. Ele ainda se comprometeu a traçar um plano para reforço do efetivo policial no município.

Na última quinta-feira (19) foi realizada uma reunião na Capital que definiu a criação e uma força-tarefa para investigar e tentar diminuir a criminalidade em Peixoto de Azevedo.

Conforme os dados da Sesp, somente no último trimestre do ano passado foram registrados 24 homicídios em Peixoto de Azevedo sendo que, de janeiro a setembro do mesmo ano, ocorreram 20 assassinatos.


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Março de 2019
12.03.19 16h00 » OAB questiona medida provisória que acaba com desconto sindical na folha
Fevereiro de 2019
21.02.19 08h05 » OAB-MT reafirma necessidade de Exame como garantia social
Janeiro de 2019
18.01.19 16h20 » OAB-MT participa de ato em defesa da Justiça do Trabalho
11.01.19 17h55 » OAB-MT alerta consumidores para compra de material escolar
09.01.19 16h45 » OAB-MT participa de reunião na Sesp após assassinatos em fazenda
Dezembro de 2018
15.12.18 11h03 » OAB-MT quer explicações e acompanhará denúncia de extorsão
Novembro de 2018
24.11.18 09h09 » Sem adversário, Leonardo Campos é reeleito com 88% dos votos
23.11.18 11h42 » Eleições na OAB-MT ocorrem nesta sexta-feira em todo o Estado
10.11.18 09h37 » OAB cita preocupação e diz que proposta de Selma é retrocesso
07.11.18 11h25 » Proposta nascida em MT se torna realidade para a advocacia



Copyright © 2019 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet