Artigos
  • GISELE NASCIMENTO
    Decisões que atestam o “mero aborrecimento” em casos de desrespeito ao consumidor estimulam o “mero abuso”
  • HÉLCIO CORRÊA
    Não vale mais baratear debate prisional no Brasil ou ficar inutilizando recursos públicos no modelo vingativo e ineficaz
  • VICTOR MAIZMAN
    Cláusula do Devido Processo Legal assegura que ninguém será privado de seus bens, sem o processo legal
  • GONÇALO DE BARROS
    Nas redes sociais, os julgamentos são mais abertos, transparentes; a exceção é o anonimato
OAB / PEIXOTO DE AZEVEDO

Tamanho do texto A- A+
24.01.2017 | 15h27
Sesp realiza audiência pública para debater criminalidade em Peixoto de Azevedo
Audiência, solicitada pela OAB, está marcada para terça (31), no Fórum da Comarca
Divulgação
iante do crescimento do número de homicídios no município, o presidente da 14ª Subseção reuniu-se como secretário-adjunto da Sesp, Gustavo Garcia, para solicitar adoção de medidas imediatas
DA ASSESSORIA

Atendendo ao pedido do presidente da subseção de Peixoto de Azevedo da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Mato Grosso (OAB-MT), Marcus Macedo, a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) realizará uma audiência pública no município para discutir a criminalidade e medidas de segurança para a população.

“A participação da sociedade civil organizada na audiência pública é de suma importância para colaborarmos com a construção de um sistema de segurança pública adequado aos anseios da população peixotense”, destacou Marcus Macedo.

A audiência está marcada para terça-feira (31), a partir das 9h30, no Fórum da Comarca de Peixoto de Azevedo.

Diante do crescimento do número de homicídios no município, o presidente da 14ª Subseção reuniu-se como secretário-adjunto da Sesp, Gustavo Garcia, para solicitar adoção de medidas imediatas.

Uma das propostas apresentadas pelo presidente da OAB Peixoto de Azevedo foi a realização da audiência pública que foi prontamente atendida pelo secretário. Ele ainda se comprometeu a traçar um plano para reforço do efetivo policial no município.

Na última quinta-feira (19) foi realizada uma reunião na Capital que definiu a criação e uma força-tarefa para investigar e tentar diminuir a criminalidade em Peixoto de Azevedo.

Conforme os dados da Sesp, somente no último trimestre do ano passado foram registrados 24 homicídios em Peixoto de Azevedo sendo que, de janeiro a setembro do mesmo ano, ocorreram 20 assassinatos.


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Novembro de 2017
24.11.17 11h29 » Advogado é preso após causar confusão em agência bancária
16.11.17 17h37 » Cerca de 2 mil advogados de MT podem ser suspensos
09.11.17 08h19 » Workshop na OAB-MT discute como resolver conflitos familiares
06.11.17 10h00 » OAB questiona dispositivo que tipifica delito de desacato a agente público
01.11.17 17h56 » Juiz atuou no próprio processo em que é parte, diz ex-vice da OAB
Outubro de 2017
31.10.17 16h07 » OAB-MT diz que vai acionar policial acusado de agredir advogado
25.10.17 16h18 » Presidente da OAB de Osasco é presa ao receber propina de vereador
Setembro de 2017
29.09.17 18h20 » OAB exclui João Emanuel da advocacia por considerá-lo inidôneo
29.09.17 13h52 » Conciliador e advogado celebram termo de conciliação
01.09.17 14h57 » Primeira fase do Exame de Ordem tem recorde de candidatos reprovados



Copyright 2012 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet