Artigos
  • GONÇALO ANTUNES NETO
    Tragado pela corrupção, o País precisa de exemplos que orgulhem os brasileiros
Enquetes

Você acha que a Lava Jato corre o risco de ser inviabilizada pela lentidão da Justiça?

  • Sim
  • Não
Sexta, 06 de janeiro de 2017, 14h23

Tamanho do texto A- A+
OAB / VOLTA ÀS AULAS
OAB-MT alerta consumidores para compra de material escolar
Órgão alerta sobre os direitos dos consumidores na hora de matrículas e material escolar
Marcus Mesquita/MidiaNews
Com o início do ano letivo, também começa a busca dos pais de estudantes pelos melhores preços
DA ASSESSORIA

Com o início do ano letivo, também começa a busca dos pais de estudantes pelos melhores preços, mas é preciso prestar atenção para evitar eventuais abusos. A Comissão de Defesa do Consumidor (CDC) da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Mato Grosso (OAB-MT) alerta sobre os direitos dos consumidores na hora de efetuar matrículas e comprar material escolar.

De acordo com a Lei federal nº 12.866/2013, que trata do valor total das anuidades escolares, entre outros, é expressamente proibido que o consumidor honre com eventuais pagamentos adicionais e/ou fornecimento de materiais escolares de uso coletivo dos estudantes e da própria instituição.

Desta forma, o presidente da CDC, Rodrigo Palomares, explica que são vedados de compor a lista de materiais escolares produtos como material de limpeza, papel higiênico, copos descartáveis, tonner de impressora, fita adesiva, etc.

“É importante observar que se alguns produtos constarem na lista com quantidade exagerada, ou seja, supostamente para uso coletivo, o consumidor tem o direito de ter acesso ao plano de ensino do ano letivo para verificar se há ou não abuso no pedido”, destacou.

Ele ainda ressalta que é vedado pelo Código de Defesa do Consumidor a imposição pela instituição de ensino da marca do material escolar a ser adquirido, bem como do local para a compra, sob pena de configuração do crime de venda casada.

Segundo Palomares, se houver prejuízo, o consumidor terá direito a reembolso no dobro do valor que ele teve que desembolsar, podendo, inclusive, se ocorrer, se indenizado por danos extrapatrimoniais (moral, imagem, temporal, existencial, etc).

Confira abaixo os itens vedados da lista de material escolar:

img

 


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Abril de 2017
25.04.17 08h38 » OAB estuda ação para proibir curso de Serviços Jurídicos
14.04.17 16h18 » Diretora rebate OAB e diz que a própria autarquia pediu o curso
13.04.17 08h39 » OAB e STJ firmam acordo sobre sustentação oral de advogados
11.04.17 08h21 » OAB-SP não apoia votação em lista fechada
10.04.17 11h45 » Facebook só contratará escritórios que atenda cotas
Março de 2017
29.03.17 17h58 » Ex-dirigentes da OAB-MT são processados por juiz
20.03.17 17h35 » Advogadas conquistam espaço e seguem na luta pelos direitos
06.03.17 17h08 » OAB não vai afastar conselheiro flagrado em motel com menores
03.03.17 18h34 » Advogados podem participar de treinamento sobre Projudi no TJMT
Fevereiro de 2017
23.02.17 18h09 » OAB Nacional diz que juíza de MT “criminalizou a advocacia”



Copyright 2012 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet