Artigos
  • JUNIOR MACAGNAM
    Em mais de 30 anos de democracia, de que valeu o foro especial? Apenas para a corrupção
  • VICTOR MAIZMAN
    Pela iniciativa popular, podem ser criadas não somente leis, como também, revogá-las
  • CARLOS RAFAEL DE CARVALHO
    Medida deve ser avaliada com ressalvas porque pode beneficiar mais aos bancos do que aos consumidores
MPF / DEMORA NO ATENDIMENTO

Tamanho do texto A- A+
04.07.2016 | 16h35
INSS deve realizar perícias em menos de 60 dias
Determinação é resultado de ação civil pública do Ministério Público Federal em Rondonópolis
Marcus Mesquita/MidiaNews
Suposta demora de até sete meses na realização de perícias no INSS em Rondonópolis
DA REDAÇÃO

Em cumprimento à liminar concedida pela Justiça Federal, o INSS deve implementar as medidas necessárias para que o tempo de espera no agendamento das perícias para a concessão inicial de benefícios previdenciários e assistenciais não ultrapasse 60 dias a contar do requerimento.

A determinação é resultado de ação civil pública ajuizada pelo Ministério Público Federal em Rondonópolis (MPF).

O MPF solicitou esse prazo limite para atendimento na ação, pois havia demora de até sete meses na realização de perícias nas agências da Previdência Social de Rondonópolis em decorrência da falta de médicos peritos.

A agência em Rondonópolis possui apenas três médicos para atender a demanda diária de 42 agendamentos, uma defasagem de nove peritos, e apenas 10 servidores em atividade, que representa uma defasagem de 8 servidores para atendimento ao público.

A defasagem de profissionais também existe nas agências de Alto Araguaia, Jaciara, e Poxoréu, municípios da região sul de Mato Grosso, e que juntamente com Rondonópolis, são responsáveis pelo atendimento da demanda de Paranatinga, Primavera do Leste, Alto Garças, Alto Taquari, Pedra Preta, Ouro Branco, Galiléia, São José do Povo, São Lourenço de Fátima, Juscimeira, Dom Aquino e Campo Verde.

O INSS também deve, em caso de extrapolamento do prazo de 60 dias, já no agendamento dos requerimentos formulados a autarquia previdenciária implantar provisoriamente o benefício.


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Maio de 2018
17.05.18 16h02 » MPF recomenda mais estudos antes de duplicação da MT-251
02.05.18 15h15 » PGR denuncia Blairo e Sérgio Ricardo por corrupção ativa na Ararath
Abril de 2018
16.04.18 16h18 » MPF notifica Governo do Estado a ressarcir R$ 5 mi à União
16.04.18 16h05 » "Não há sentido na existência do foro privilegiado", diz Dodge
03.04.18 12h18 » Raquel Dodge diz que 'Justiça que tarda é Justiça que falha'
Março de 2018
22.03.18 15h20 » Raquel Dodge defende prisão de Lula na 2ª instância
13.03.18 10h41 » Raquel Dodge diz ao STF que governo tem poder para rever decisão sobre Battisti
12.03.18 16h48 » MPF vê possível “crime” e opina por não devolver arma a Joaquim
12.03.18 15h31 » MPF pede perícias sobre suposto plano de Riva para matar irmão de Silval
06.03.18 09h51 » Raquel Dodge volta a se manifestar a favor da prisão



Copyright © 2018 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet