Artigos
  • GONÇALO ANTUNES DE BARROS
    Sabemos que há individualidade por haver uma historicidade vivida por cada qual
MPE / CRECHES DE CUIABÁ

Tamanho do texto A- A+
24.05.2018 | 10h37
MPE notifica Cuiabá para comprovar matrícula de 736 crianças
Município deve mostrar ampliação progressiva da oferta de vagas em creches ainda em 2018
Reprodução
DA REDAÇÃO

O Ministério Público Estadual, por meio da 8ª Promotoria de Justiça Cível, notificou o secretário municipal de Educação de Cuiabá, Alex Vieira Passos, para que no prazo de 30 dias comprove a matrícula na rede municipal de ensino, na modalidade creche, de 736 crianças – de 0 a 3 anos de idade - que estariam na fila de espera aguardando uma vaga. O número é referente ao acumulado de 2017 e 2018.

O município deverá, ainda, apresentar no prazo máximo de 30 dias, informações comprovadas sobre o planejamento da Secretaria Municipal de Educação para a ampliação progressiva da oferta de vagas em creches ainda em 2018, mediante a construção de novas unidades ou ampliação da rede conveniada.

Na notificação o MPE ressalta que é de responsabilidade dos municípios oferecer educação infantil em creches e pré-escolas - “esta considerada a primeira etapa da educação básica, cuja finalidade é o desenvolvimento integral da criança de até 5 anos, em seus aspectos físico, psicológico, intelectual e social, completando a ação da família e da comunidade”.

O MPE destaca, também, que o poder público quando se abstém de cumprir, total ou parcialmente, o dever de implementar políticas públicas definidas no próprio texto constitucional, transgride a própria integridade da Carta Magna, estimulando o fenômeno da erosão da consciência constitucional.

O promotor de Justiça, Miguel Slhessarenko Junior, ressalta sobre a importância do município trabalhar no sentido de reduzir progressivamente a demanda reprimida e destaca que o MPE está à disposição para deliberação de possível ajustamento de conduta tendo como objeto a ampliação das vagas em creches na rede municipal de ensino de Cuiabá.


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Novembro de 2018
12.11.18 17h25 » MPE: Esposa de ex-secretário era servidora fantasma de deputado
12.11.18 08h01 » MPE analisa decisão do STF e pode pedir ressarcimento ao erário
08.11.18 17h15 » MPE denuncia deputados e mais 7 e quer devolução de R$ 16,6 mi
05.11.18 09h55 » MPE investiga privilégios e taxa para estudar na Escola Tiradentes
01.11.18 10h15 » MPE denuncia PM acusado de matar colega de farda em VG
Outubro de 2018
30.10.18 17h56 » MPE afirma que garimpo atraiu 2 mil pessoas e pede repressão
30.10.18 15h58 » MPE pede ressarcimento de R$ 7,3 milhões de Eder e empresários
29.10.18 14h49 » MPE cita investigação "legítima" e é contra anulação de processo
26.10.18 11h12 » MPE: empresa investigada usou atestados "com conteúdo falso"
26.10.18 10h59 » Em encontro, MPE lamenta "pendências" e Mendes cita crise



Copyright © 2018 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet