Artigos
  • VICTOR MAIZMAN
    Quando o valor do dólar aumenta frente o real, a Petrobras majora o preço dos combustíveis junto às refinarias
  • ROSANA LEITE DE BARROS
    A Câmara aprovou legislação estabelecendo medidas de combate à discriminação contra transgêneros
  • VINÍCIUS SEGATTO
    O ato de licitar refere-se à oferta de algum bem ou serviço à coletividade, para que se atinja o valor mais adequado e plausível, mediante lances
  • EMANUEL BEZERRA JUNIOR
    Será que o momento atual é o mesmo de 1996, quando a Lei Kandir foi criada? Será que o modelo interessa?
MPE / CONTINGENCIAMENTO DE TAQUES

Tamanho do texto A- A+
30.01.2018 | 15h49
MPE aceita proposta, mas quer regularização de verba em 2018
Procurador-geral de Justiça Mauro Curvo fez três exigências para que Ministério Público aceite medida
Alair Ribeiro/MidiaNews
O procurador-geral de Justiça, Mauro Curvo: condições a Taques
DOUGLAS TRIELLI
DA REDAÇÃO

O procurador-geral de Justiça Mauro Curvo afirmou ter aceitado a proposta do governador Pedro Taques (PSDB) de reter 20% do dinheiro do duodécimo dos Poderes e instituições do Estado para ajudar a pagar parte da dívida do Executivo com o Bank of America. 

Entretanto, Curvo impôs uma série de exigências para aceitar o contingenciamento.

Segundo a proposta de Taques, o duodécimo de janeiro não será repassado. Já entre fevereiro e abril, serão retirados 20%. Os valores começarão a ser recompostos em maio deste ano.

Curvo explicou que, sem a retenção, o MPE teria direito a R$ 11,2 milhões para custeio e investimento. Agora, serão repassados efetivamente R$ 8,9 milhões. As verbas destinadas para pagamento de pessoal não serão contingenciadas.

De acordo com ele, o órgão aceita ajudar o Executivo sob a condição de repassar os valores retidos ainda em 2018 e de não atrasar mais o recurso deste ano.

Além disso, quer que Taques faça uma proposta de pagamento referente aos R$ 56,6 milhões atrasados do duodécimo de 2017.

Executivo argumenta que o contingenciamento é fator primordial para o equilíbrio das contas. O Ministério Público afirma, desde que respeitadas três premissas

“O Executivo argumenta que o contingenciamento é fator primordial para o equilíbrio das contas, tendo em vista que se não for pago o Bank of America, no mês de março, as consequências do inadimplemento trarão danos irreversíveis ao Estado”, disse em nota, nesta terça-feira (30).

“O Ministério Público afirma concordar com a proposta sugerida, desde que respeitadas três premissas: repasses regulares dos duodécimos de 2018 dentro do ano de 2018; restituição dos valores contingenciados no primeiro quadrimestre (R$ 9,2 milhões) ao longo deste ano na forma e prazo a serem definidos no mês de abril ou maio, ou seja, após o pagamento da parcela ao banco; e recebimento pelos Poderes e instituições dos valores pendentes relativos ao ano de 2017 em atraso”, afirmou a nota.

Por fim, o procurador-geral disse estar fazendo ajustes nos planos do Ministério Público de modo a enfrentar a crise de caixa por conta dos atrasos do Governo.

Em recente entrevista ao MidiaNews, Curvo já havia dito ter cortado todos os investimentos previstos para 2017 e 2018 de modo a conseguir, ao menos, manter o Ministério Público.

“O procurador-geral de Justiça assegura que já promoveu vários ajustes para suportar a crise financeira enfrentada e continuará priorizando os pagamentos das despesas essenciais, como água, energia, telefone e dos serviços continuados”, disse.

“Destaca, ainda, que a proposta do Executivo não coloca em risco o pagamento da folha salarial, uma vez que o contingenciamento não afetará despesas com pessoal”, completou.

Leia mais sobre o assunto:

TJ rejeita proposta de Taques que retira valores do duodécimo

“Financeiramente, o sentimento é de decepção”, afirma Botelho

Taques propõe retirar duodécimo de Poderes para pagar banco


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Outubro de 2018
22.10.18 15h30 » José Borges e Mauro Curvo disputam o comando do MPE em MT
18.10.18 15h03 » Prado diz que MPE pode ser parceiro estratégico da gestão Mendes
17.10.18 17h33 » MPE vê “trama de mentiras” e pede prisão de PM réu por grampos
16.10.18 14h57 » Gaeco: delegado e policiais usavam sacolas para asfixiar vítimas
16.10.18 14h42 » Loja manda deficiente auditivo desbloquear cartão por telefone
16.10.18 11h19 » Gaeco prende delegado e investigadores por suspeita de tortura
15.10.18 17h55 » MPE vê inconsistência em monitoramento; juiz pede explicação
10.10.18 16h10 » Casa noturna diz que cabo frequentou o local em horário proibido
05.10.18 15h53 » MPE vai usar drones contra a compra de votos e boca de urna
05.10.18 15h25 » MPE: Zaqueu criou Núcleo de Inteligência para "satisfação pessoal"



Copyright © 2018 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet