Artigos
  • FRANCISCO BRITO JUNIOR
    Os partidos pequenos precisam traçar estratégias para continuar sua existência por meio de registro de candidatos com força eleitoral
  • ANTONIO SÉRGIO PITOMBO
    Este tipo de profissional do Direito engana a si mesmo e a seus clientes
  • JOSÉ RENATO CORDOVEZ
    MT e outros Estados erraram ao instituir tarifas sobre a base de cálculo da energia elétrica
  • LUIZ FLÁVIO GOMES
    Depois de uma devastadora recessão econômica e uma série de instabilidades políticas, vivemos uma ressaca dramática
MPE / RELATÓRIOS SOB SUSPEITA

Tamanho do texto A- A+
20.01.2018 | 14h10
MPE suspeita que servidora de prefeita atue como “fantasma”
Promotor estranha falta de “ponto” e documentos idênticos em Juara; funcionária passará por oitiva
Alair Ribeiro/MidiaNews
A prefeita de Juara, Luciane Bezerra: contratação de comissionada sob investiigação
LUCAS RODRIGUES
DA REDAÇÃO

O Ministério Público Estadual (MPE) instaurou inquérito para investigar a suspeita de que a servidora comissionada Rúbia Mara Fornagieri, da Prefeitura de Juara (709 km ao Norte de Cuiabá), nunca tenha prestado serviços ao Município, tratando-se de “fantasma”.

A investigação foi aberta pelo promotor Osvaldo Moleiro Neto, na última terça-feira (16).

Na portaria, o promotor afirmou que Rúbia Fornagieri, atual coordenadora da divisão administrativa do gabinete da prefeita Luciane Bezerra (PSB), já exerceu o cargo de chefe de gabinete na época em que a chefe do Executivo era deputada estadual, “bem como prestou serviços durante a campanha eleitoral de 2016 para Luciane Bezerra na disputa pela Prefeitura de Juara/MT”.

“Porém, nunca desempenhou suas funções no Município de Juara/MT, mas supostamente apenas a distância na Capital do Estado, bem como que nunca registrou ponto perante a administração pública”.

Osvaldo Neto também lançou suspeitas sobre os relatórios de atividades de Rúbia Fornagieri.

“Os relatórios mensais das atividades desenvolvidas, em tese, pela referida servidora no período de fevereiro de 2017 a outubro de 2017, são completamente idênticos (ex: todo mês retirou reagentes do Hemocentro, todo mês retirou bolsa de sangue no Hemocentro, todo mês teve reunião na Caixa Econômica etc.)”.

Os relatórios mensais das atividades desenvolvidas, em tese, pela referida servidora no período de fevereiro de 2017 a outubro de 2017, são completamente idênticos

Desta forma, o promotor determinou que os servidores da Promotoria de Justiça de Juara realizem diligências, junto à Secretaria Municipal de Administração, “visando a obtenção do endereço atualizado de Rubia Mara Fornagieri”.

Também será enviada para Rubia Fornagieri uma carta precatória para que ela responda a 10 questionamentos feitos pelo promotor: “1- Se antes de ser nomeada ao cargo em comento, já trabalhou para Luciane Borba Azoia Bezerra? Em caso positivo, exemplificar o tempo e local de trabalho; 2- Se prestou serviços à Luciane Borba Azoia Bezerra durante as eleições de 2016? Em caso positivo, exemplificar as funções desempenhadas e o valor recebido pelo serviço, devendo apresentar comprovante de recebimento/depósito; 3- Qual função atualmente desempenha na Administração Pública de Juara/MT? 4- Endereço do local de trabalho? 5- Outros servidores com quem trabalha, indicando respectivos nomes e funções; 6- Atividades desenvolvidas diariamente? 7- Como é realizado o controle de frequência e carga horária de trabalho? 8- Horas em média trabalhadas por dia? 9- Se desempenha outra função ou atividade particular? 10- Se é proprietária ou têm participação em alguma pessoa jurídica?”.

Osvaldo Neto ainda determinou o envio de ofício para o Hemocentro, Caixa Econômica e Santa Casa para atestar se são verdadeiras as informações contidas nos relatórios de atividades da servidora.

“Expeça ofício à direção do Hemocentro em Cuiabá/MT, requisitando, no prazo de 15 dias, informações sobre eventuais protocolos de relatórios, retiradas de equipamentos, reagentes e bolsas de sangue pelo Município de Juara/MT entre os meses de fevereiro a outubro do ano de 2017, através da servidora Rubia Mara Fornagieri. Em caso positivo, encaminhar protocolos de recebimentos/entregas dos referidos relatórios/materiais. Expeça ofício à Caixa Econômica Federal em Cuiabá/MT, responsável pela região de Mato Grosso, requisitando, no prazo de 15 dias, informações sobre eventuais reuniões agendadas e realizadas com o Município de Juara/MT através da servidora Rubia Mara Fornagieri, entre os meses de fevereiro a outubro do ano de 2017. Em caso positivo, informar as datas das reuniões/atendimentos, eventuais atas de reunião. Expeça ofício à Santa Casa em Cuiabá/MT, requisitando, no prazo de 15 dias, informações sobre eventuais retiradas de medicamentos pelo Município de Juara/MT através da servidora Rubia Mara Fornagieri, entre os meses de fevereiro a outubro do ano de 2017. Em caso positivo, encaminhar protocolos de recebimentos/entregas dos referidos medicamentos”, afirmou.

Outro lado

A redação não conseguiu entrar em contato com a servidora Rúbia Mara Fornagieri.

A Prefeitura de Juara não atendeu as ligações feitas pela reportagem.


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Fevereiro de 2018
17.02.18 10h18 » MP investiga viagens internacionais do prefeito do Rio
17.02.18 09h05 » Procurador assume culpa de acusações e isenta prefeita de Juara
17.02.18 08h49 » MPE pede afastamento do cargo e bloqueio de bens de prefeita
15.02.18 14h48 » MPE quer afastar vereador que tentou cassar prefeito executado
09.02.18 17h40 » Corregedoria investiga promotora por suposta ofensa a defensor
06.02.18 15h00 » MPE vai à Justiça para tentar retirar outdoor de Bolsonaro em MT
02.02.18 14h48 » MPE cobra melhorias nas unidades básicas de saúde
01.02.18 14h57 » MPE aciona Silval, ex-secretários e procuradores por improbidade
01.02.18 14h31 » MPE investiga secretário de Saúde por suspeita de improbidade
01.02.18 14h29 » MPE ingressa com ação contra lei de transporte da madeira



Copyright © 2018 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet