Artigos
  • VILSON NERY
    Li as propostas dos três candidatos, e separei as palavras “agricultura” e agronegócio” em seu contexto no plano de governo, para dar qualidade à minha pretensão
  • JOÃO PAULO OLIVEIRA
    No processo eleitoral atual há uma enorme preocupação com relação a informações falsas que são passadas no que tange a uma série de situações e candidatos
MPE / EM JANGADA

Tamanho do texto A- A+
22.12.2017 | 15h17
Prefeito é denunciado por ceder maquinário público para curtume particular em MT
Morador de Jangada solicitou obras na comunidade onde vive e descobriu que maquinário havia sido cedido para uso particular
Prefeitura de Jangada/Divulgação
Prefeito de Jangada, Edérzio de Jesus Mendes (PSDB), cedeu maquinário público para uso particular, diz MP
LISLAINE DOS ANJOS
DO G1

O prefeito de Jangada, a 82 km de Cuiabá, Edérzio de Jesus Mendes (PSDB), e o secretário de obras do município, Marcos Antônio Bernardino , foram denunciados pelo Ministério Público por terem cedido maquinário público para uso em uma área particular de 200 hectares, há 52 km de Rosário Oeste, a 133 km da capital, onde funciona um curtume.

Edérzio Mendes e Marcos Bernardino, popularmente conhecidos como "Garrincha" e "Marcão", respectivamente, chegaram a ser presos em agosto deste ano, por causa do fato. O G1 não conseguiu localizar as defesas dos denunciados.

"Todavia, o mesmo veio a descobrir que, na verdade, tais maquinários se encontravam cedidos há mais de 30 dias, prestando serviço indevidamente a terceiros particulares", diz trecho da denúncia.

De acordo com o MP, o uso irregular do maquinário, que consiste em uma patrola maniveladora e uma pá-carregadeira, foi descoberto após um morador solicitar serviços de obras da prefeitura na comunidade onde vive e ser informado de que a solicitação não poderia ser atendida porque os equipamentos estariam avariados.

Segundo o MP, a situação foi verificada in loco e os maquinários apreendidos. Na mesma ocasião, dois servidores municipais que atuavam como operadores de máquinas foram detidos em flagrante trabalhando no local.

Um deles afirmou, em depoimento, que havia sido recrutado pelo secretário Marcão para trabalhar no curtume. Na ocasião, o secretário teria dito que "tudo estava certo" e que apenas executava ordens do prefeito.


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Setembro de 2018
21.09.18 11h25 » CNMP investiga promotora de MT por suposta ofensa a juíza e PM
18.09.18 17h25 » MPE denuncia empresária por suspeita de fraude na Sema
17.09.18 17h27 » Em denúncia à Justiça, MPE diz que cabo da PM foi a casa noturna
15.09.18 09h56 » Acordo entre MPE e Prefeitura veta construção de condomínio
12.09.18 16h38 » Conselho absolve promotores de acusação feita por condomínio
12.09.18 14h55 » MPE pede bloqueio de R$ 500 mil de prefeito de Barra, clube e vereadores
11.09.18 17h26 » MPE denuncia médica por homicídio, omissão de socorro e embriaguez
11.09.18 17h16 » Ao MPE, pacientes negam realização de cirurgias pagas a empresa
11.09.18 08h38 » MPE aciona Prefeitura e 9 moradores por aterro em nascente
10.09.18 16h43 » MPE busca e não encontra contrato entre Secretaria e empresa



Copyright © 2018 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet