Artigos
  • XÊNIA ARTMANN GUERRA
    “Evoluímos” para a repulsiva situação de uma advogada ser presa e algemada dentro de um fórum no exercício da profissão
  • JEAN CARVALHO
    Atribuo, sob a minha ótica, a responsabilidade da dificuldade passada pelo Poder Judiciário ao próprio Judiciário
  • LUIZ HENRIQUE LIMA
    Até na cela de uma prisão, uma boa leitura liberta o pensamento e desacorrenta a alma
MPE / "OPORTUNISTA, ENGANADOR"

Tamanho do texto A- A+
01.11.2017 | 10h12
MPE e Polícia investigam fraudes contra órgãos públicos em MT
Desencadeada nesta manhã, operação conjunta investiga suspeitas sobre agentes públicos
Divulgação
A operação foi deflagrada na manhã desta quarta-feira em quatro Municípios
DA REDAÇÃO

Uma operação conjunta da Polícia Civil e o Ministério Público foi deflagrada na manhã desta quarta-feira (1º), para cumprimento de mandados de buscas e apreensão de documentos nas cidades de Primavera do Leste, Campo Verde, Tangará da Serra e Cuiabá.

A operação denominada “Logreiro” investiga atos de corrupção envolvendo servidores públicos, políticos, empresários e escritórios de contabilidade, que se organizaram para fraudar licitações e contratos com a administração pública.

Apesar de a operação se concentrar nestas quatro cidades, existe a suspeita de que o esquema se estenda a outras.

A investigação é originária de inquérito civil do Ministério Público de Primavera do Leste, presidido pelo promotor de Justiça, Sílvio Rodrigues Alessi Junior.

O trabalho investigativo contou com apoio da Diretoria de Inteligência, com levantamentos dos alvos e análises de dados financeiros por meio do Laboratório de Tecnologia Contra a Lavagem de Dinheiro (Lab-DV).

Segundo informou a Polícia Civil, o termo Logreiro significa "oportunista", "aproveitador", "enganador".

Participam da operação 96 policiais civis (16 delegados e 80 investigadores e escrivães), das Diretorias do Interior  e Atividades Especiais.

A Polícia Civil não informou em quais órgãos da administração pública as fraudes eram realizadas.

 


 


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Setembro de 2018
21.09.18 11h25 » CNMP investiga promotora de MT por suposta ofensa a juíza e PM
18.09.18 17h25 » MPE denuncia empresária por suspeita de fraude na Sema
17.09.18 17h27 » Em denúncia à Justiça, MPE diz que cabo da PM foi a casa noturna
15.09.18 09h56 » Acordo entre MPE e Prefeitura veta construção de condomínio
12.09.18 16h38 » Conselho absolve promotores de acusação feita por condomínio
12.09.18 14h55 » MPE pede bloqueio de R$ 500 mil de prefeito de Barra, clube e vereadores
11.09.18 17h26 » MPE denuncia médica por homicídio, omissão de socorro e embriaguez
11.09.18 17h16 » Ao MPE, pacientes negam realização de cirurgias pagas a empresa
11.09.18 08h38 » MPE aciona Prefeitura e 9 moradores por aterro em nascente
10.09.18 16h43 » MPE busca e não encontra contrato entre Secretaria e empresa



Copyright © 2018 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet