Artigos
  • NALIAN CINTRA
    A mediação é uma ferramenta de extrema relevância para a estabilidade no mundo empresarial
  • HÉLCIO CORRÊA
    Tanta tirania e distorção como falsa defesa da ordem jurídica. Aqui toda autocracia judicial tem custo alto e perigoso à democracia
  • VICTOR MAIZMAN
    É preciso que o empreendedor tenha conhecimento dos seus direitos assegurados não apenas na legislação, como na própria Constituição Federal
MPE / COTOVELADA

Tamanho do texto A- A+
09.10.2017 | 16h49
MPE denuncia deputado estadual por agressão a jornalista
Acusação contra Oscar Bezerra foi protocolada pelo Núcleo de Ações de Competência (Naco)
Alair Ribeiro/MidiaNews
O deputado estadual Oscar Bezerra, denunciado por agressão
DA REDAÇÃO

O Ministério Público do Estado de Mato Grosso ofereceu denúncia contra o deputado estadual Oscar Bezerra (PSB) pelos crimes de lesão corporal leve e ameaça.

A denúncia, protocolada pelo Núcleo de Ações de Competência Originária da Procuradoria Geral de Justiça (Naco) na sexta-feira (6), refere-se ao fato ocorrido no dia 20 de setembro, quando o parlamentar desferiu uma cotovelada no nariz do jornalista Maurílio Trindade Aun, em evento público na Escola Luiza Nunes Bezerra, no município de Juara.

Consta na denúncia que a agressão ocorreu em razão do jornalista ter divulgado matéria com o título “Prefeita Luciane coloca Juara em destaque a nível estadual e nacional”, noticiando a publicação de vídeo entregue na colaboração premiada do ex-governador Silval Barbosa, em que a esposa do parlamentar aparece recebendo dinheiro.

Reprodução

jornalista agredido

O jornalista Maurílio Trindade Aun, que denunciou o deputado Oscar Bezerra

Além de provocar a lesão, o deputado também é acusado de ameaçar o jornalista e de proibi-lo de entrar no evento.

No mesmo dia em que sofreu a agressão, a vítima também recebeu em sua residência a visita de algumas pessoas - eentre elas um cunhado do parlamentar -, que o intimidaram a entregar os exemplares remanescentes da edição nº 86, que trazia a notícia dos vídeos.

“Durante a investigação foram comprovadas a autoria e a materialidade dos fatos. O Ministério Público deixou de ofertar a proposta de transação penal, pois o denunciado não preenche os requisitos legais para o referido benefício, tendo em vista que já possui Termo Circunstanciado em tramitação no Tribunal Pleno, bem como responde a outras ações penais”, ressaltou o coordenador do Naco, promotor de Justiça Antonio Sérgio Cordeiro Piedade.

A denúncia foi oferecida pelo Naco porque o parlamentar tem foro especial por prerrogativa de função.


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Outubro de 2017
16.10.17 11h05 » MPE acusa ex-prefeito de VG de improbidade administrativa
15.10.17 15h02 » Após auditoria da CGE, MPE vai investigar convênios da Faesp
15.10.17 14h10 » MPE: Maluf dobrou salário de filha de réu para não ser citado
13.10.17 14h05 » MPE: Maluf e Alan controlavam cargo de “arrecadador de propina”
11.10.17 11h19 » MPE acusa Maluf de liderar esquema de fraudes na Seduc
11.10.17 10h47 » MPE denuncia ex-secretário de Justiça por prática de prevaricação
11.10.17 09h35 » MPE requer melhorias em unidade de saúde do CPA IV
10.10.17 17h21 » MPE pede penhora de bens de Jaime e Murilo em R$ 3 milhões
09.10.17 17h05 » MPE denuncia prefeita e mais 3 por suposta fraude em licitação
09.10.17 16h49 » MPE denuncia deputado estadual por agressão a jornalista



Copyright 2012 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet