Artigos
  • LUIZ FLÁVIO GOMES
    O habeas corpus protocolado em favor do ex-presidente Lula começou juridicamente errado
MPE / POSSE

Tamanho do texto A- A+
05.10.2017 | 18h25
MPE passa a contar com três novos Procuradores de Justiça
O ato solene ocorreu no anexo I da Procuradoria Geral de Justiça
MP/MT
Marcelo Ferra de Carvalho, Jorge da Costa Lana e José Norberto de Medeiros Júnior
DA REDAÇÃO

Tomaram posse na manhã desta quinta-feira (05), perante o Colégio de Procuradores de Justiça do Ministério Público do Estado de Mato Grosso, três novos procuradores: Marcelo Ferra de Carvalho, Jorge da Costa Lana e José Norberto de Medeiros Júnior. O ato solene ocorreu no anexo I da Procuradoria Geral de Justiça e contou com a presença de diversas autoridades, familiares e amigos dos empossados.

“Tenho a honra e o prazer de conviver com esses três valorosos colegas que hoje atingem, galgam, avançam na carreira ocupando honroso cargo de procurador de Justiça como extensão de um brilhante trabalho por eles desenvolvido ao longo de toda a carreira, onde defenderam e combateram o bom combate na defesa dos direitos da sociedade, onde levantaram o nome do Ministério Público do Estado de Mato Grosso”, ressaltou o procurador-geral de Justiça, Mauro Benedito Pouso Curvo.

O presidente da Associação Mato-grossense do Ministério Público, promotor de Justiça Roberto Aparecido Turim, também enfatizou as qualidades dos novos integrantes do Colégio de Procuradores de Justiça.

“É um momento de felicidade. Toda cerimônia de posse é um momento de renovação, onde valorosos colegas têm a oportunidade de contribuir ainda mais para o fortalecimento da instituição”. Representando os empossados, o procurador de Justiça Marcelo Ferra de Carvalho destacou a importância do momento e falou sobre os desafios.

“Consciente das peculiaridades do Ministério Público, que não temos propriamente uma instituição de segunda instância, mas uma atuação diferenciada perante uma segunda instância, pois o Ministério Público seja como parte, seja como fiscal da lei será sempre único e cada integrante desse colegiado atuará sempre como Ministério Público, com todos os requisitos, inclusive a independência funcional que vale tanto para os promotores de Justiça como para os procuradores de Justiça”, observou.

Ferra destacou o momento delicado em que o país passa e disse que ser membro do Ministério Público e exercer as responsabilidades inerentes ao cargo não é fácil.

“Devido às várias circunstâncias que ocorreram no Estado e no País, a sociedade pede e clama por justiça. E nesses momentos, o profissional do Ministério Público que se comprometeu com a ordem jurídica nem sempre é compreendido, pois tem que obedecer as regras, princípios e atuar de acordo com a lei. Às vezes, a sociedade não quer os cumpridores dos deveres funcionais, busca heróis, pessoas que para atingir os seus resultados nem sempre usam os meios tradicionais da ordem jurídica”.

Participaram da solenidade o presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, desembargador Rui Ramos Ribeiro; o Procurador-Geral do Estado, Rogério Galo; o Procurador-Geral da Assembleia Legislativa, Luiz Otávio Trovo de Souza; o Procurador-Geral de Justiça do Ministério Público de Mato Grosso do Sul, Paulo Cezar Passos; o Sub-procurador-geral do Trabalho, Jeferson Luiz Pereira Coelho; o Sub-procurador Geral de Justiça Administrativo do MP/MT, Hélio Fredolino Faust; o corregedor-geral do Ministério Público, Flávio Cesar Fachone, e demais integrantes do Colégio de Procuradores de Justiça.


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Julho de 2018
13.07.18 15h37 » MPE pede afastamento e indisponibilidade dos bens de Soares
13.07.18 10h21 » MPE processa ministro e irmãos por supostos danos ambientais
12.07.18 14h38 » MPE quer reduzir verba "inconstitucional" de R$ 25 mil de Emanuel
10.07.18 15h32 » MPE notifica Colégio Plural por show com "músicas impróprias"
09.07.18 11h32 » Eder pagou viagens e dívidas do Mixto com desvios, diz MPE
09.07.18 11h01 » "Auxílio-moradia é uma conquista da categoria", diz Mauro Curvo
03.07.18 08h43 » Promotor recomenda que Estado suspenda concessão da Salgadeira
02.07.18 08h29 » MPE: Percival comprou 1700 cabeças de boi para ocultar dinheiro
01.07.18 17h42 » MPE denuncia Eder, Percival e mais seis por corrupção na Sefaz
Junho de 2018
28.06.18 17h47 » MPE recorre por novo júri e diz que absolvição contrariou provas



Copyright © 2018 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet