Artigos
  • LUIZ FLÁVIO GOMES
    Processo que apeou do poder a ex-presidente foi golpe ou merda expulsão de ladrões?
  • GISELE NASCIMENTO
    Toda disputa exige o prévio conhecimento das regras, mas também o uso de boa técnica
Artigos / HÉLCIO CORRÊA

Tamanho do texto A- A+
24.02.2018 | 09h27
Imigração venezuelana da fome
A eleição venezuelana tem só fraude e já antecipa resultado; Nicolas vai continuar no poder até 2025
HÉLCIO CORRÊA

Há ruína geral por ideologia socialista na Venezuela. Antes se tinha renda e consumo anual igualado ao Brasil, mas com menor desigualdade entre ricos e pobres. Hoje resta um país deficitário em tudo, independentemente da boa fonte petrolífera.

Há penúria e sofrimento populacional - exceto ao aliado ou apadrinhado do governo ditatorial de Nicolas Maduro. Hoje tem 37% vivendo na linha ínfima da pobreza. 73% com perda de peso corporal. Média de 8,7 quilos em 2016, segundo a Comissão Interamericana de Direitos Humanos.

A desnutrição infantil atinge 68% das crianças, dados da organização humanitária católica - Caritas.

Lula e Dilma, também, são artífices do problema. É a corrupção petista, além da fronteira nacional. Na Operação Lava-Jato se tem documentação dos desvios bilionários de recursos públicos à ditadura na Venezuela

A inflação oscila em 4.000% ao ano. O FMI tem previsão do PIB/2018 em - 10%. A Venezuela tende a volver ao índice da década de 80. Tudo traz o êxodo latino-americano por fome e medo.

No Brasil os miseráveis já somam mais de 40 mil refugiados em Roraima. Boa Vista tem abrigos públicos e praças superlotados.

A Colômbia, após acolher os mais qualificados, restringiu desumanamente a entrada dos menos capacitados.

Os expatriados forçados chegam à porta norte brasileira a pé, muitas vezes doentes e buscando quaisquer empregos. Avinagrados da inanição.

A eleição venezuelana tem só fraude e já antecipa resultado. Nicolas vai continuar no poder até 2025. E o país vai definhar até atingir ao nível cubano de produção e de necessidade básica insuprível.

Tal quadro no Brasil não mais permite a recepção dos refugiados somente na tangente estadual. Na sexta-feira (16), Michel Temer, premido e com mais uma improvisação assinou Medida Provisória alterando tratamento migratório e assistencial aos venezuelanos. Agiu sem disponibilizar qualquer recurso federal trazendo mais engodo à cena.

Ao menos não se aderiu ao fácil e catastrófico. Trancar a fronteira nacional aos que padecem de injustiças.

De sobra, fica mais um registro das falhas intrínsecas do socialismo fanático e ditatorial violento por natureza, marcado por incompetências, repressões populacionais e fraudes multifacetárias.

Lula e Dilma, também, são artífices do problema. É a corrupção petista, além da fronteira nacional. Na Operação Lava-Jato se tem documentação dos desvios bilionários de recursos públicos à ditadura na Venezuela. Inclusive, com pagamento ilícito do marketing eleitoral de Maduro.

Aqui os desatinos, delírios ideológicos e crimes cometidos têm custos altíssimos. E vão ser liquidados pelo erário brasileiro.

Tal política anterior internacional, de quanto pior melhor, não pode ser agraciada apenas no fanatismo ideológico, mas na delinquência consciente e com muitas corrupções e apropriações indébitas.

Há dever humanitário e moral do Brasil ajudar aos venezuelanos que aportam no território nacional. Afinal, por mais de década, dois governos federais foram colaboracionistas do regime despótico venezuelano.

Aqui, querendo ou não, se contribuiu política e financeiramente para se fabricar as desgraças na Venezuela. E o mínimo que se pode fazer é dar asilo humanitário ao que solicitar. Além de punir todo nacional que cometeu crimes na ultrajante relação ideológica internacional, que envergonha o Brasil.

HÉLCIO CORRÊA GOMES é advogado.


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Abril de 2018
24.04.18 10h53 » O futuro de Mato Grosso
24.04.18 10h52 » Impeachment
24.04.18 10h51 » Novos crimes eleitorais
24.04.18 10h49 » Três inimigos do controle externo
19.04.18 10h21 » IPTU e o valor venal
19.04.18 10h17 » Feminicídios em MT
19.04.18 10h14 » Uma agenda para a Lei Kandir
19.04.18 10h13 » Lava Jato sem distinção
14.04.18 11h39 » A vaga no TCE custou caro
14.04.18 11h38 » Recuperação de ICMS indevido



Copyright © 2018 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet