Artigos
  • GISELE NASCIMENTO
    Decisões que atestam o “mero aborrecimento” em casos de desrespeito ao consumidor estimulam o “mero abuso”
  • HÉLCIO CORRÊA
    Não vale mais baratear debate prisional no Brasil ou ficar inutilizando recursos públicos no modelo vingativo e ineficaz
  • VICTOR MAIZMAN
    Cláusula do Devido Processo Legal assegura que ninguém será privado de seus bens, sem o processo legal
  • GONÇALO DE BARROS
    Nas redes sociais, os julgamentos são mais abertos, transparentes; a exceção é o anonimato
Artigos / ROBERTO TURIN

Tamanho do texto A- A+
16.12.2016 | 17h50
Dia Nacional do MPE
Ministério enfrenta com firmeza a corrupção
ROBERTO TURIN

Hoje é o dia Nacional do Ministério Público. Uma instituição indispensável à administração da Justiça e encarregada da defesa do regime democrático e dos interesses indisponíveis da sociedade. 

Vivemos um momento difícil e delicado para o Ministério Público e para a sociedade brasileira. O cidadão exige nas ruas o combate à corrupção endêmica e generalizada que empobrece e dilapida o Patrimônio Público, causando e mantendo inúmeras mazelas sociais.

Atento a este anseio e consciente de seus deveres funcionais, o Ministério Público vem enfrentando com firmeza, coragem e determinação a corrupção e os corruptos. Este enfrentamento é duro, difícil e tecnicamente complexo.

É uma luta árdua, mas necessária, e fundamental para a construção de um País próspero e justo. Ocorre que, como esperado, este combate à corrupção incomoda,  atrapalha, contraria poderosos interesses econômicos e políticos e os incomodados reagem.

Conspiram, mudam leis, ou até a própria Constituição,  ameaçam, intimidam, constrangem, manipulam, usam e abusam da demagogia e do populismo, tudo para ocultar a verdadeira intenção, que é a auto defesa e a manutenção do sistema corrupto e corruptor que, há muito tempo, se instalou nas entranhas públicas e privadas deste País. 

E o Ministério Público tem sido um dos alvos preferenciais destes poderosos incomodados. As retaliações começaram e estão vindo primordialmente do Congresso Nacional. Uma avalanche de projetos de lei e emendas à constituição, com o nítido propósito de enfraquecer e diminuir o Ministério Público Brasileiro.   

Este Ministério Público precisa mais do que nunca continuar cumprindo seu papel constitucional e a sociedade brasileira precisa mais do que nunca do Ministério Público cumprindo suas funções. 

É preciso, portanto, buscar de forma imperiosa e urgente a união de esforços, a parceria o apoio e a comunhão de idéias e ideais entre o Ministério Público e a Sociedade Brasileira na defesa dos interesses sociais indisponíveis e no combate à corrupção. 

Esse é o nosso desafio e o Ministério Público do Estado de Mato Grosso estará presente, firme, atuante e compromissado com esta luta. Parabéns a todos os colegas Promotores e Procuradores de Justiça.

Roberto Turin é promotor de Justiça.


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Dezembro de 2017
11.12.17 07h00 » A indústria do dano moral
07.12.17 06h58 » Vingança prisional cara
05.12.17 21h00 » Diagnóstico tributário
05.12.17 20h00 » Julgando, sempre
Novembro de 2017
27.11.17 16h17 » Matemática do Crime
16.11.17 11h54 » A inclusão de surdos-mudos - 1
16.11.17 11h52 » Justiça eficaz
14.11.17 15h15 » Sobre quem faz e fica
14.11.17 09h25 » Responsabilidade Civil do médico à luz do Código de Defesa do Consumidor
14.11.17 09h18 » Impunidade que mata



Copyright 2012 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet