Artigos
  • RITA DE CASSIA BUENO
    Vale ressaltar que a prisão não extingue o débito alimentar, não isentando o devedor de pagar os valores vencidos e vincendos

Tamanho do texto A- A+
21.05.2018 | 17h57
Disputa polêmica
Justiça mantém determinação de eleição na Fecomércio
DA REDAÇÃO
Hermes Martins 190916

Hermes da Cunha: decisão revogada pela Justiça

A juíza Claudirene Andrade Ribeiro, substituta na 7ª Vara do Trabalho de Cuiabá, concedeu liminar determinando a realização das eleições para a diretoria da Fecomércio nesta segunda-feira (21).

A disputa havia sido cancelada por decisão do atual presidente, Hermes Martins da Cunha, em razão de todas chapas inscritas terem sido impugnadas.

Na ação, os candidatos impugnados alegaram que a decisão de Cunha seria uma "manobra" para prorrogar seu mandato "em razão da iminente desvantagem no pleito eleitoral".

A juíza acatou os argumentos e disse ser "evidente o prejuízo que pode advir da não realização das eleições na data prevista". Foi fixada uma multa de R$ 1 milhão em caso de descumprimento.


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Julho de 2018
13.07.18 16h06 » Conduta vedada
13.07.18 11h01 » Ex-prefeita de Juara
12.07.18 16h02 » Presos na Bereré
11.07.18 17h02 » Esquema milionário
10.07.18 16h36 » Alvo da Rêmora
09.07.18 11h45 » Desvios no Detran
05.07.18 17h56 » Grampolândia
03.07.18 17h50 » “Sono dos justos”
03.07.18 16h57 » MPF e PF: omissão
02.07.18 17h03 » Crime ambiental



Copyright © 2018 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet