Artigos
  • LUIZ FLÁVIO GOMES
    Processo que apeou do poder a ex-presidente foi golpe ou merda expulsão de ladrões?
  • GISELE NASCIMENTO
    Toda disputa exige o prévio conhecimento das regras, mas também o uso de boa técnica

Tamanho do texto A- A+
12.03.2018 | 15h01
Delação seletiva
Ex-presidente do Detran: Dóia teria omitido valores recebidos do crime
DA REDAÇÃO
doia

O ex-presidente do Detran-MT, o Dóia: delação em risco

Uma das situações que podem complicar a delação premiada feita pelo ex-presidente do Detran-MT, Teodoro Lopes, o Dóia, diz respeito aos valores que ele recebeu no esquema de corrupção e desvio de dinheiro da autarquia.

Aos promotores de Justiça e delegados da Defaz, durante as oitivas, ele disse que recebeu valores da ordem de R$ 110 mil.

A própria investigação da Bereré, no entanto, apurou, até o momento, recebimentos de R$ 333 mil.

A suspeita é que Dóia tenha feito uma delação seletiva, para tentar proteger empresas e a si próprio.

 

doia


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Abril de 2018
24.04.18 18h46 » Foro íntimo
24.04.18 18h44 » Jardim Cuiabá
23.04.18 17h23 » Ação dos grampos
20.04.18 09h44 » STF & Silval
19.04.18 17h31 » Hospital Jd. Cuiabá
19.04.18 10h25 » Facão no TCE-MT
19.04.18 10h23 » Lucro abusivo
18.04.18 17h48 » Post no Insta
16.04.18 17h53 » No Gaeco
16.04.18 09h57 » Delação no STF



Copyright © 2018 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet