Artigos
  • LUIZ FLÁVIO GOMES
    Processo que apeou do poder a ex-presidente foi golpe ou merda expulsão de ladrões?
  • GISELE NASCIMENTO
    Toda disputa exige o prévio conhecimento das regras, mas também o uso de boa técnica

Tamanho do texto A- A+
01.03.2018 | 10h40
Fator Bereré
Depósito milionário intriga investigadores do Gaeco e Defaz
DA REDAÇÃO
jose kobori

José Kobori, que recebeu depósitos da EIG Mercados

Um depósito milionário feito pela EIG Mercados na conta corrente do empresário José Kobori tem intrigado os promotores de Justiça do Gaeco e delegados da Defaz.

No ano de 2014, a EIG fez depósitos mensais na conta de Kobori, que somaram R$ 1.519.241,72. De janeiro a novembro, os valores foram de cifras que podem ser consideradas "baixas".

O único depósito cujo valor destoa dos demais meses é o de dezembro, no valor de R$ 1.470.936,51. É justamente essa quebra no padrão que chamou a atenção.

Como foi o último mês da gestão de Silval Barbosa, há a suspeita de que o valor possa estar relacionado a algum outro fato relacionado ao contrato da EIG, que vigora até hoje. A empresa é apontada como epicentro de esquemas de desvio de dinheiro e pagamentos de propina.

No total, Kobori recebeu mais de R$ 4,2 milhões da EIG, entre 2011 e 2016, por meio de transferências em sua conta e nas de duas empresas ligadas a ele (leia mais AQUI).

Confira os depósitos de 2014:

kobori


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Abril de 2018
24.04.18 18h46 » Foro íntimo
24.04.18 18h44 » Jardim Cuiabá
23.04.18 17h23 » Ação dos grampos
20.04.18 09h44 » STF & Silval
19.04.18 17h31 » Hospital Jd. Cuiabá
19.04.18 10h25 » Facão no TCE-MT
19.04.18 10h23 » Lucro abusivo
18.04.18 17h48 » Post no Insta
16.04.18 17h53 » No Gaeco
16.04.18 09h57 » Delação no STF



Copyright © 2018 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet