Artigos
  • JUNIOR MACAGNAM
    Em mais de 30 anos de democracia, de que valeu o foro especial? Apenas para a corrupção
  • VICTOR MAIZMAN
    Pela iniciativa popular, podem ser criadas não somente leis, como também, revogá-las
  • CARLOS RAFAEL DE CARVALHO
    Medida deve ser avaliada com ressalvas porque pode beneficiar mais aos bancos do que aos consumidores

Tamanho do texto A- A+
07.02.2018 | 17h15
Uso de fundos
Ministério Público Estadual vai investigar "pedaladas" do Governo
DA REDAÇÃO
Clóvis de Almeida

O promotor de Justiça Clóvis de Almeida, coordenador do Naco

Promotores do Núcleo de Defesa do Patrimônio Público e da Probidade Administrativa, do Ministério Público Estadual, encaminharam ao Núcleo de Ações de Competência Originária (Naco Cível) documentos sobre supostas pedaladas fiscais cometidas pelo governador Pedro Taques (PSDB).

As acusações dão conta de que ele teria se utilizado de recursos de fundos, como o Fundeb e Fethab, para cobrir o caixa, o que é ilegal.

Com a documentação em mãos, o Naco – que investiga detentores de foro especial por prerrogativa de função – deverá abrir uma investigação preliminar sobre o caso.

A coluna entrou em contato com o promotor de Justiça Clóvis de Almeida, coordenador do Naco. De férias, ele recomendou que fosse procurado seu substituto, o procurador Marcelo Ferra. Este, por sua vez, informou que ainda não teve acesso a nenhuma documentação.


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Maio de 2018
18.05.18 16h02 » Crédito Podre
17.05.18 17h09 » Convescote
16.05.18 18h03 » Condenado
16.05.18 18h02 » Sócios da EIG
16.05.18 08h58 » Políticos na mira
15.05.18 17h49 » Alvo do Gaeco
14.05.18 09h35 » Impasse jurídico
12.05.18 12h12 » Delação à vista?
11.05.18 16h53 » "Perguntinha"
10.05.18 17h58 » Alvo de processo



Copyright © 2018 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet