Artigos
  • VICTOR MAIZMAN
    Em qualquer esfera do Poder Público, o cidadão não pode ficar submisso às regras desprovidas de razoabilidade

Tamanho do texto A- A+
16.01.2018 | 16h03
Duodécimo
Sinjusmat pede que Tribunal de Contas do Estado investigue o Governo
DA REDAÇÃO
TCE MT

Sindicato do TJ protocola pedido de tomada de contas no TCE

O Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário de Mato Grosso (Sinjusmat) protocolou, nesta segunda-feira (15), no Tribunal de Contas do Estado (TCE), um pedido de tomada de contas contra o Governo do Estado.

O objetivo é verificar supostas irregularidades no pagamento do duodécimo (repasse constitucional) aos Poderes e instituições.

Desde o primeiro ano de sua gestão, o governador Pedro Taques (PSDB) vem encontrando dificuldades para honrar com o pagamento do duodécimo.

Atualmente, há cerca de R$ 400 milhões que deixaram de ser repassados, relativos aos anos de 2016 e 2017.


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Maio de 2018
23.05.18 17h43 » Alvo da Bereré
23.05.18 09h41 » Cartas de crédito
23.05.18 08h59 » Limite da LRF
23.05.18 08h10 » "Vazamentos"
21.05.18 17h57 » Disputa polêmica
18.05.18 16h02 » Crédito Podre
17.05.18 17h09 » Convescote
16.05.18 18h03 » Condenado
16.05.18 18h02 » Sócios da EIG
16.05.18 08h58 » Políticos na mira



Copyright © 2018 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet