Artigos
  • FRANCISCO BRITO JUNIOR
    Os partidos pequenos precisam traçar estratégias para continuar sua existência por meio de registro de candidatos com força eleitoral
  • ANTONIO SÉRGIO PITOMBO
    Este tipo de profissional do Direito engana a si mesmo e a seus clientes
  • JOSÉ RENATO CORDOVEZ
    MT e outros Estados erraram ao instituir tarifas sobre a base de cálculo da energia elétrica
  • LUIZ FLÁVIO GOMES
    Depois de uma devastadora recessão econômica e uma série de instabilidades políticas, vivemos uma ressaca dramática

Tamanho do texto A- A+
16.01.2018 | 16h03
Duodécimo
Sinjusmat pede que Tribunal de Contas do Estado investigue o Governo
DA REDAÇÃO
TCE MT

Sindicato do TJ protocola pedido de tomada de contas no TCE

O Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário de Mato Grosso (Sinjusmat) protocolou, nesta segunda-feira (15), no Tribunal de Contas do Estado (TCE), um pedido de tomada de contas contra o Governo do Estado.

O objetivo é verificar supostas irregularidades no pagamento do duodécimo (repasse constitucional) aos Poderes e instituições.

Desde o primeiro ano de sua gestão, o governador Pedro Taques (PSDB) vem encontrando dificuldades para honrar com o pagamento do duodécimo.

Atualmente, há cerca de R$ 400 milhões que deixaram de ser repassados, relativos aos anos de 2016 e 2017.


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Fevereiro de 2018
17.02.18 09h32 » Grampos S/A
17.02.18 09h31 » Delação de Dóia
15.02.18 09h56 » Suspeita no Fies
14.02.18 10h00 » Após as 17h
13.02.18 11h14 » Tensão no TJ
13.02.18 11h13 » Penduricalhos
10.02.18 09h59 » O lado mais fraco
10.02.18 09h26 » R$ 183 mil
10.02.18 09h24 » Nova operação
10.02.18 09h23 » VLT na Justiça



Copyright © 2018 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet