Artigos
  • VICTOR MAIZMAN
    Quem exige tributo deve apontar o seu exato valor, com critérios objetivos
  • GISELE NASCIMENTO
    É assustador o tanto de mulheres que têm sido assassinadas em Mato Grosso nos últimos tempos
  • LUIZ FLÁVIO GOMES
    Não agir com igualdade perante todos significa um torpedo contra a própria noção de justiça

Tamanho do texto A- A+
02.01.2018 | 14h40
Efeito Lava Jato
Mato Grosso é o segundo que mais prende servidor público
DA REDAÇÃO
Polícia Federal - Operação Descarilho

Segundo a PF, organizações que desviam verbas públicas precisam da ação de funcionários públicos para desviar verbas e fraudar licitações

A disseminação dos métodos de investigação da Operação Lava Jato coloca o Paraná na liderança do ranking nacional de prisões de agentes públicos envolvidos com organizações criminosas. Dos 86 funcionários públicos detidos no Estado desde 2013, dois terços foram acusados de envolvimento com desvios de verbas públicas, fraudes em licitação ou corrupção – proporção acima da média nacional (45%).

O Paraná lidera em números absolutos de prisões (86), seguido por Mato Grosso (70), Minas Gerais (55), Rio de Janeiro (54) e Pará (53). Mas isso não quer dizer, necessariamente, que os maiores focos de criminalidade no serviço público estejam nesses Estados.

Os dados foram obtidos pelo jornal  O Estado de S. Paulo, por meio da Lei de Acesso à Informação, e aponta que 783 funcionários públicos foram presos em operações da PF, em todo o País, entre 2013 e março de 2017. Na média, foram três detenções de servidores por semana nesse período.

A PF pode ser mais ativa nesses lugares, ou pode ser maior o número total de servidores públicos federais, estaduais e municipais.

 


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Abril de 2018
20.04.18 09h44 » STF & Silval
19.04.18 17h31 » Hospital Jd. Cuiabá
19.04.18 10h25 » Facão no TCE-MT
19.04.18 10h23 » Lucro abusivo
18.04.18 17h48 » Post no Insta
16.04.18 17h53 » No Gaeco
16.04.18 09h57 » Delação no STF
16.04.18 09h44 » Artilharia
16.04.18 09h43 » Ironias da vida
13.04.18 10h17 » 38 réus



Copyright © 2018 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet