Artigos
  • GILMAR MENDES
    Esse procedimento acaba sendo o meio para coibir interpretações equivocadas e mesmo abusos na prisão
  • ELVIS KLAUK JR
    Antes de fechar negócio é muito importante verificar se o imóvel está com os respectivos documentos em ordem
  • PAULO LEMOS
    Na política, há um quadro crônico e agudo de delírios, alucinações, desejos, impulsos e compulsões

Tamanho do texto A- A+
07.12.2017 | 17h00
Supremo bate-boca
Gilmar e Fux trocam farpas sobre MT e RJ
DA REDAÇÃO

Os ministros Gilmar Mendes e Luiz Fuxdo Supremo Tribunal Federal (STF), voltaram a trocar farpas, na sessão desta quinta-feira (7), durante julgamento de quatro ações sobre o poder de as assembleias legislativas revogarem prisão e medidas judiciais, como o afastamento de deputados estaduais.

Durante o voto de Fux, Gilmar o interrompeu para defender Mato Grosso. Disse que seu Estado é “progressista”, enquanto o Rio de Janeiro, terra natal de Fux, está “em falência”. O colega, então, o rebateu e lembrou a delação monstruosa do ex-governador Silval Barbosa.

“Um Estado progressista... Sinceramente, depois que eu li a delação daquele governador, o Silval Barbosa...”, disse Fux, que não conseguiu completar a frase, pois a presidente do STF, Cármen Lúcia, pediu que ele focasse no assunto da votação.

Para quem tem memória fraca, vale lembrar que Silval, em sua delação ao MPF e homologada pelo próprio Fux, envolveu "meio mundo" da política de Mato Grosso em um suposto esquema de desvio de muitos milhões dos cofres públicos em Mato Grosso.

Veja o vídeo:


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Janeiro de 2018
18.01.18 09h32 » Gravação perigosa
17.01.18 10h21 » Impeachment
17.01.18 10h18 » Chico & Francisco
16.01.18 16h03 » Duodécimo
13.01.18 09h40 » Deu na Veja
10.01.18 16h28 » Staff de Taques
09.01.18 11h12 » Ofensa no Whats
06.01.18 11h52 » Justiça "cruel"
02.01.18 14h42 » Cedidos ao TJ
02.01.18 14h40 » Efeito Lava Jato



Copyright © 2018 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet