Artigos
  • VICTOR MAIZMAN
    Quem exige tributo deve apontar o seu exato valor, com critérios objetivos
  • GISELE NASCIMENTO
    É assustador o tanto de mulheres que têm sido assassinadas em Mato Grosso nos últimos tempos
  • LUIZ FLÁVIO GOMES
    Não agir com igualdade perante todos significa um torpedo contra a própria noção de justiça

Tamanho do texto A- A+
06.11.2017 | 10h56
Em julgamento
Caso Gilmar Fabris vai para o Tribunal Regional Federal da 1ª Região
DA REDAÇÃO
Ney Bello

O desembargador Ney Bello reforçou a decisão de Fux, mas a ALMT "soltou" Gilmar Mendes

Na edição desta segunda-feira (6), o jornal O Estado de S. Paulo informa que, na quarta-feira (8), o Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) deve definir se a decisão do STF, de submeter ao Congresso medidas cautelares contra deputados e senadores, também vale para os deputados estaduais.

Os seis desembargadores do TRF vão decidir a polêmica questão.

O jornal lembra que o caso específico é o do deputado mato-grossense Gilmar Fabris (PSD). Ele foi preso pelo ministro Luiz Fux, do STF; o desembargador Ney Bello manteve a prisão, mas a Assembleia Legislativa mandou soltá-lo, após o STF se posicionar no caso que envolveu o senador Aécio Neves (PSDB-MG).


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Abril de 2018
20.04.18 09h44 » STF & Silval
19.04.18 17h31 » Hospital Jd. Cuiabá
19.04.18 10h25 » Facão no TCE-MT
19.04.18 10h23 » Lucro abusivo
18.04.18 17h48 » Post no Insta
16.04.18 17h53 » No Gaeco
16.04.18 09h57 » Delação no STF
16.04.18 09h44 » Artilharia
16.04.18 09h43 » Ironias da vida
13.04.18 10h17 » 38 réus



Copyright © 2018 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet