Artigos
  • VICTOR MAIZMAN
    Quem exige tributo deve apontar o seu exato valor, com critérios objetivos
  • GISELE NASCIMENTO
    É assustador o tanto de mulheres que têm sido assassinadas em Mato Grosso nos últimos tempos
  • LUIZ FLÁVIO GOMES
    Não agir com igualdade perante todos significa um torpedo contra a própria noção de justiça

Tamanho do texto A- A+
30.10.2017 | 11h35
Grampos em MT
Decisão do Superior Tribunal de Justiça impediu oitiva de secretário
DA REDAÇÃO
Gustavo Garcia 21-09-2017

Secretário Gustavo Garcia seria ouvido no interrogatório dos grampos clandestinos

O secretário de Estado de Segurança Pública, Gustavo Garcia, seria um dos próximos a depor aos delegados Ana Cristina Feldner e Flávio Stringueta, no inquérito dos grampos clandestinos em Mato Grosso.

O interrogatório de Garcia estava agendado para o último dia 18, mas foi inviabilizado porque, na mesma semana, todos os inquéritos referentes aos grampos ilegais foram encaminhados ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), após o ministro Mauro Campbell acolher pedido do governador Pedro Taques (PSDB), um dos alvos das investigações.

Garcia seria ouvido na condição de suspeito de participação no esquema que culminou na Operação Esdras, que apurou a tentativa de provocar a suspeição do desembargador Orlando Perri. Oito pessoas foram alvos de prisão no procedimento, sendo quatro ex-secretários do Governo Pedro Taques.

A oitiva do secretário ocorreria em razão de ele ter interrogado, com Rogers Jarbas, então secretário de Segurança Pública, a delegada Alana Cardoso. O interrogatório da policial foi considerado ilegal, pois o então titular da Sesp não possuía prerrogativa para tal procedimento.

O interrogatório de Alana foi considerado uma das tentativas de prejudicar as investigações referentes aos grampos ilegais.


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Abril de 2018
20.04.18 09h44 » STF & Silval
19.04.18 17h31 » Hospital Jd. Cuiabá
19.04.18 10h25 » Facão no TCE-MT
19.04.18 10h23 » Lucro abusivo
18.04.18 17h48 » Post no Insta
16.04.18 17h53 » No Gaeco
16.04.18 09h57 » Delação no STF
16.04.18 09h44 » Artilharia
16.04.18 09h43 » Ironias da vida
13.04.18 10h17 » 38 réus



Copyright © 2018 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet