Artigos
  • FRANCISCO BRITO JUNIOR
    Os partidos pequenos precisam traçar estratégias para continuar sua existência por meio de registro de candidatos com força eleitoral
  • ANTONIO SÉRGIO PITOMBO
    Este tipo de profissional do Direito engana a si mesmo e a seus clientes
  • JOSÉ RENATO CORDOVEZ
    MT e outros Estados erraram ao instituir tarifas sobre a base de cálculo da energia elétrica
  • LUIZ FLÁVIO GOMES
    Depois de uma devastadora recessão econômica e uma série de instabilidades políticas, vivemos uma ressaca dramática

Tamanho do texto A- A+
24.10.2017 | 16h21
Condenado
"Alan é ganancioso e sem escrúpulos", diz Selma Arruda em decisão
DA REDAÇÃO
Alan Malouf 260916

O empresário Alan Malouf, que foi condenado a 11 anos de prisão

A decisão da juíza Selma Arruda, que condenou Alan Malouf a 11 anos de cadeia por fraudes na Secretaria de Estado de Educação, não poupou adjetivos para descrever o empresário.

Segundo a magistrada, Malouf  “não teve qualquer escrúpulo” em participar do esquema de desvios investigados na Operação Rêmora, praticando os crimes “por ganância”.

Em outro trecho da decisão, Selma reforçou seu entendimento ao escrever que Malouf é "extremamente ganancioso" e capaz de relativizar “seus escrúpulos, quando se trata de enriquecer".


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Fevereiro de 2018
19.02.18 17h47 » Detran & propina
19.02.18 16h03 » Madrugou
19.02.18 16h02 » Só no Bereré
19.02.18 11h50 » Cerco fechado
19.02.18 11h47 » Operação Bereré
17.02.18 09h32 » Grampos S/A
17.02.18 09h31 » Delação de Dóia
15.02.18 09h56 » Suspeita no Fies
14.02.18 10h00 » Após as 17h
13.02.18 11h14 » Tensão no TJ



Copyright © 2018 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet