Artigos
  • VICTOR MAIZMAN
    O Judiciário dará solução imediata ao cidadão ou à pessoa jurídica, quando houver ameaça à violação de direito
  • EDUARDO MAHON
    Há nomes que merecem permanecer na memória da Cultura de Mato Grosso; já outros...

Tamanho do texto A- A+
20.10.2017 | 16h34
"Escravidão"
Mendes diz ter "trabalho exaustivo" no Supremo Tribunal Federal
DA REDAÇÃO

 

Nelson Jr/STF

Gilmar Mendes

Gilmar Mendes, que diz fazer "trabalho exaustivo" como ministro do STF e TSE

Presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Gilmar Mendes voltou ao centro da polêmica, na quinta-feira (19), ao analisar a polêmica portaria do Governo Temer, que muda as regras para a fiscalização do trabalho escravo, dificultando as libertações de trabalhadores.

"Eu, por exemplo, acho que me submeto a um trabalho exaustivo, mas com prazer. Não acho que faço trabalho escravo. Corro do Supremo para o TSE", afirmou Gilmar, que disse não ter lido a portaria para fazer a "devida aferição" dos critérios adequados.

A declaração do ministro gerou revolta no meio jornalístico. O colunista Leonardo Sakamoto, do site UOL, afirma que Gilmar Mendes usa da galhofa para tratar de um assunto nada divertido. "Gilmar Mendes vem de Mato Grosso, um dos estados com maior incidência desse crime", observa o jornalista. (Leia AQUI)

O salário de ministro do STF e/ou do TSE é de R$ 33.763,00.


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Novembro de 2017
21.11.17 16h18 » Conselheiro
21.11.17 15h25 » R$ 2,3 milhões
21.11.17 10h30 » Efeito Lava Jato
16.11.17 11h49 » Juiz denunciou
14.11.17 10h01 » Sem propina
14.11.17 09h13 » Cúpula da PF
11.11.17 10h57 » Embate jurídico
10.11.17 11h13 » Prescreveu
09.11.17 17h44 » Fraude na Seduc
09.11.17 17h42 » Auxílio-moradia



Copyright 2012 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet