Artigos
  • LUIZ FLÁVIO GOMES
    O habeas corpus protocolado em favor do ex-presidente Lula começou juridicamente errado

Tamanho do texto A- A+
26.09.2017 | 09h41
Guerra de Poderes
Procurador-geral do Estado põe panos quentes em polêmica
DA REDAÇÃO
Rogério Gallo

O procurador-geral do Estado, Rogério Gallo

O procurador-geral do Estado, Rogério Gallo, não quis jogar gasolina na fogueira da polêmica entre Executivo e Judiciário, após a prisão do secretário de Estado de Saúde, Luiz Soares.

Perguntando se a prisão seria uma retaliação contra o Executivo - após o governador Pedro Taques (PSDB) criticar a decisão do desembargador Orlando Perri de mandar pôr tornozeleira e afastar o secretário Rogers Jarbas (Segurança) -, Gallo não quis polemizar.

"Não há qualquer perseguição com relação ao Estado. Os poderes continuam seguindo à risca o que consta na Constituição Federal e do Estado. Portanto, não há qualquer relação entre o episódio do afastamento de Jarbas  e a prisão de Luiz Soares", afirmou.


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Julho de 2018
13.07.18 16h06 » Conduta vedada
13.07.18 11h01 » Ex-prefeita de Juara
12.07.18 16h02 » Presos na Bereré
11.07.18 17h02 » Esquema milionário
10.07.18 16h36 » Alvo da Rêmora
09.07.18 11h45 » Desvios no Detran
05.07.18 17h56 » Grampolândia
03.07.18 17h50 » “Sono dos justos”
03.07.18 16h57 » MPF e PF: omissão
02.07.18 17h03 » Crime ambiental



Copyright © 2018 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet