Artigos
  • LUIZ FLÁVIO GOMES
    O habeas corpus protocolado em favor do ex-presidente Lula começou juridicamente errado

Tamanho do texto A- A+
09.09.2017 | 10h22
Fartura
Pedro Nadaf pagou propina a Silval Barbosa em barra de ouro
DA REDAÇÃO
SILVAL BARBOSA E PEDRO NADAF

O ex-governador Silval Barbosa, com o ex-chefe da Casa Civil, Pedro Nadaf

O ex-governador Silval Barbosa (PMDB) afirmou, em acordo de delação premiada, que o ex-secretário-chefe da Casa Civil, Pedro Nadaf, lhe repassou cerca de R$ 500 mil de propina em barras de ouro.

Segundo Silval, o valor era originário da divisão de 'retornos' recebidos de vários esquemas de corrupção com empresas no seu Governo.

“(...) Que Pedro Nadaf afirmou que teria sociedade em um garimpo com João Justino Paes de Barros [ex-presidente da Metamat], no município de Novo Mundo, tendo o declarante aceitado receber sua parte dos 'retornos' em ouro”, diz trecho da delação do ex-governador ao MPF.

A sociedade entre Nadaf e Justino foi objeto de investigação da Delegacia Fazendária (Defaz), na Operação Sodoma 4.

Silval disse que a quantia de ouro foi entregue de modo parcelado, em três ou quatro vezes, diretamente em seu gabinete, por meio de diversas barrinhas de ouro de 100 e 200 gramas


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Julho de 2018
13.07.18 16h06 » Conduta vedada
13.07.18 11h01 » Ex-prefeita de Juara
12.07.18 16h02 » Presos na Bereré
11.07.18 17h02 » Esquema milionário
10.07.18 16h36 » Alvo da Rêmora
09.07.18 11h45 » Desvios no Detran
05.07.18 17h56 » Grampolândia
03.07.18 17h50 » “Sono dos justos”
03.07.18 16h57 » MPF e PF: omissão
02.07.18 17h03 » Crime ambiental



Copyright © 2018 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet