Artigos
  • JUNIOR MACAGNAM
    Em mais de 30 anos de democracia, de que valeu o foro especial? Apenas para a corrupção
  • VICTOR MAIZMAN
    Pela iniciativa popular, podem ser criadas não somente leis, como também, revogá-las
  • CARLOS RAFAEL DE CARVALHO
    Medida deve ser avaliada com ressalvas porque pode beneficiar mais aos bancos do que aos consumidores

Tamanho do texto A- A+
14.07.2017 | 17h36
Denúncia de Zaque
Auditoria realizada pela CGE refaz "caminho" de ofício; veja
DA REDAÇÃO

A auditoria no sistema de protocolo da Casa Civil, realizada pela Controladoria Geral do Estado, conseguiu refazer todos os caminhos do ofício protocolado pelo promotor Mauro Zaque, denunciando um esquema de grampos ilegais operando na Polícia Militar, em 2015.

A principal conclusão do documento é de que o servidor Rosinaldo Nunes de Almeida realizou alterações no sistema, o que resultou na supressão do ofício sobre o grampo, cadastrando no lugar um outro, que tratava de obras em Juara (670 km a Médio-Norte de Cuiabá).

Por conta disso, o servidor vai responder um procedimento admnistrativo disciplinar.

Veja abaixo a íntegra da auditoria:

 


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Maio de 2018
18.05.18 16h02 » Crédito Podre
17.05.18 17h09 » Convescote
16.05.18 18h03 » Condenado
16.05.18 18h02 » Sócios da EIG
16.05.18 08h58 » Políticos na mira
15.05.18 17h49 » Alvo do Gaeco
14.05.18 09h35 » Impasse jurídico
12.05.18 12h12 » Delação à vista?
11.05.18 16h53 » "Perguntinha"
10.05.18 17h58 » Alvo de processo



Copyright © 2018 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet