Artigos
  • VICTOR MAIZMAN
    Tratamento diferenciado imposto pela Constituição será benéfico e não maléfico às empresas de pequeno porte
  • FELIPE GUERRA
    Infelizmente, hoje os cidadãos mostram-se incapazes de fazer coisas que não lhes tragam gratificação pessoal

Tamanho do texto A- A+
14.07.2017 | 17h34
Grampos & MPE
Desembargador: “Vampiro cuidando de sangue é perigoso”
DA REDAÇÃO
Alberto Ferreira

O desembargador Alberto Ferreira, que criticou pedido de arquivamento sobre escutas ilegais

O desembargador Alberto Ferreira fez uma dura crítica ao procurador-geral de Justiça, Mauro Curvo, em razão do pedido para arquivar a notícia-crime da OAB-MT que dá conta de suposta participação de membros do Ministério Público Estadual (MPE) em esquema de “grampos”.

Curvo havia pedido o arquivamento sob a alegação de que cabe a ele investigar membros do MPE e que a mesma investigação já tramita no órgão.

Durante a sessão ocorrida na quinta-feira (14), na qual o TJ-MT negou o pedido de Curvo, o desembargador rebateu o chefe do MPE e afirmou que tal tese “não habita o mundo jurídico”.

“Então, todos os procedimentos que lá [MPE] tramitar vão voltar com um pedido de arquivamento e aí nós vamos chancelar? Determinar que o vampiro cuide do banco de sangue é perigoso, disparou.


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Setembro de 2017
21.09.17 17h56 » “Desplante”
21.09.17 10h12 » “Parcialidade”
21.09.17 10h10 » É guerra!
20.09.17 17h55 » No Facebook
20.09.17 17h52 » Grampolândia
20.09.17 17h49 » Jarbas afastado
19.09.17 15h33 » Maggi na mira
18.09.17 17h48 » Comando do TCE
18.09.17 17h46 » Queixa-crime
14.09.17 15h57 » Operação da PF



Copyright 2012 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet