Artigos
  • VICTOR MAIZMAN
    É recorrente a insatisfação e inconformismo da sociedade quanto à elevada carga tributária
  • RENATO NERY
    A imprensa diariamente notícia novos casos de apropriação do espólio da viúva

Tamanho do texto A- A+
17.06.2017 | 10h05
Confissão
“Delator tem que morrer”, disse ex-chefe de gabinete de Silval
DA REDAÇÃO
silvio cesar correa araujo

Sílvio César Corrêa Araújo, ex-chefe de gabinete do ex-governador Silval Barbosa

Ex-chefe de gabinete do ex-governador Silval Barbosa, Sílvio César Corrêa Araújo confessou a policiais da Delegacia Fazendária (Defaz) que, numa conversa com o ex-secretário de Estado Pedro Nadaf, quando ambos ainda estavam presos, chegou a afirmar que “colaborador tinha que morrer”.

A afirmação, segundo ele, ocorreu dentro do Centro de Custódia de Cuiabá (CCC) enquanto assistiam a um programa televisivo que noticiava mais uma delação premiada de um dos acusados de envolvimento nos crimes investigados na Operação Sodoma.

Segundo o depoimento de confissão de Sílvio, este tipo de comentário era comum dentro do presídio. Aos policiais ele sustentou, todavia, que “jamais teria coragem de tentar contra a vida de alguém”.

Sílvio foi solto na última terça-feira (13), junto com Silval Barbosa. Ambos confessaram suas participações na organização criminosa alvo da Sodoma e ainda detalharam o envolvimento de outros réus dos processos que tramitam na Sétima Vara Criminal de Cuiabá.


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Junho de 2018
20.06.18 17h22 » Largou a toga
20.06.18 16h59 » Ameaça no Whats
19.06.18 15h38 » Previdência
19.06.18 11h15 » Parecer
19.06.18 08h59 » HC na Bereré
16.06.18 09h34 » Continua preso
16.06.18 09h22 » Efeito Arqueiro
16.06.18 09h16 » "Sem provas"
15.06.18 15h48 » "Pão e Circo"
15.06.18 13h57 » Efeito Blairo



Copyright © 2018 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet