Artigos
  • HÉLCIO CORRÊA
    Tanta tirania e distorção como falsa defesa da ordem jurídica. Aqui toda autocracia judicial tem custo alto e perigoso à democracia
  • VICTOR MAIZMAN
    É preciso que o empreendedor tenha conhecimento dos seus direitos assegurados não apenas na legislação, como na própria Constituição Federal

Tamanho do texto A- A+
13.06.2017 | 11h24
Esquema na Sefaz
Propina teria bancado Corolla para agente
DA REDAÇÃO

O funcionário da Caramuru Alimentos, Walter Souza Júnior, afirmou que parte da propina paga pela empresa teria sido usada pelo agente de tributos Alfredo Menezes de Mattos Junior para comprar um Toyota Corolla zero quilômetro.

A informação consta no depoimento prestado pelo funcionário à Delegacia Fazendária.

Alfredo Júnior e o também agente André Fantoni estão presos por, em tese, terem integrado esquema que diminuiu uma multa de R$ 65 milhões da Caramuru para R$ 315 mil, mediante exigência de R$ 1,8 milhão em propina.


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Outubro de 2017
17.10.17 17h29 » Efeito STJ
17.10.17 16h30 » Clima de otimismo
17.10.17 16h19 » Escutas no STJ
16.10.17 15h58 » Efeito “subida”
16.10.17 11h54 » Equívoco
16.10.17 11h50 » Contrato suspeito
14.10.17 11h36 » Grampos no STJ
14.10.17 11h33 » Decisão do STJ
14.10.17 09h37 » Cartas Marcadas
13.10.17 18h02 » Acusada de tortura



Copyright 2012 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet