Artigos
  • RODRIGO MESQUITA
    A propaganda pela reforma contrapõe o "velho" ao "moderno", como se leis antigas se tornassem ruins pelo mero decurso do tempo
  • AUREMÁRCIO CARVALHO
    A delação passa a ser considerada como prova quando o delator incrimina um terceiro e prova suas afirmações
  • VICTOR MAIZMAN
    O certo é que não seria possível deixar qualquer autoridade imune de qualquer forma de controle quanto a seus atos
  • GISELE NASCIMENTO
    Parece-me apressada e inadequada, neste momento histórico, a pretendida implantação de recall presidencial

Tamanho do texto A- A+
19.04.2017 | 17h12
“Marido ciumento”
Testemunha dá resposta inusitada em audiência
DA REDAÇÃO
Forum de Cuiabá

Servidora foi ouvida em audiência realizada no Fórum de Cuiabá

Uma servidora pública estadual deu uma resposta bastante “inusitada” ao ser ouvida como testemunha da ação penal derivada da Operação Sodoma 4, realizada na última terça-feira (18).

Questionada pela defesa do procurador aposentado do Estado Francisco Lima Filho, o “Chico Lima”, se ela conhecia o réu e outros secretários envolvidos na ação, a servidora disse que apenas os cumprimentava.

“Meu marido é mega ciumento, por isso nunca fui a nenhuma festa de confraternização do trabalho. Só dava ‘bom dia’ e ‘boa tarde’ para os secretários. Nunca dei intimidade", respondeu ela, arrancando risos dos presentes na sala.


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Junho de 2017
28.06.17 14h26 » Depósitos da JBS
28.06.17 14h25 » Nada a dizer
23.06.17 15h00 » "Cacarejar"
23.06.17 14h58 » Operação
22.06.17 16h26 » Alvos do Gaeco
22.06.17 16h22 » Convescote
21.06.17 18h11 » Efeito grampos
21.06.17 18h07 » "Fantasma"
21.06.17 10h17 » Esquemas S/A
21.06.17 10h15 » Convescote



Copyright 2012 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet