Artigos
  • VICTOR MAIZMAN
    Se agente público pode agir de forma discricionária, Constituição censura atitudes incoerentes

Tamanho do texto A- A+
06.04.2017 | 11h30
Vara de Sorriso
Associação nacional condena atentado
DA REDAÇÃO

A Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) divulgou nota repudiando o atentado contra a sede da Justiça do Trabalho em Sorriso, ocorrido nesta quarta-feira (5).

O atentando aconteceu de madrugada, quando um homem ainda não identificado lançou um artefato inflamável pela janela, provocando incêndio em uma sala no local.

"Trata-se de uma ação contra a independência e a integridade de juízes, servidores e de todos aqueles que utilizam aquelas instalações", escreveu o presidente da AMB, Jayme de Oliveira.

Leia a nota:

"A Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) repudia, com veemência, o atentado a bomba ocorrido na madrugada desta quarta-feira, 5, dentro de uma sala da Vara de Justiça do Trabalho, no município de Sorriso, Mato Grosso.

Trata-se de uma ação contra a independência e a integridade de juízes, servidores e de todos aqueles que utilizam aquelas instalações.

É mais um atentado contra a Justiça do Trabalho, que vem sofrendo, nos últimos meses, ataques de toda ordem.

A AMB se solidariza com os juízes do Trabalho de Mato Grosso e aguarda a apuração dos fato para manutenção da ordem e da legalidade."

Jayme de Oliveira
Presidente da AMB


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Maio de 2017
22.05.17 14h44 » Rêmora
22.05.17 14h43 » Leves e soltos
22.05.17 14h42 » Grampos
22.05.17 14h42 » Propina
22.05.17 14h41 » JBS e Propina
22.05.17 14h41 » “Arapongagem”
22.05.17 14h40 » Alvo do Gaeco
19.05.17 09h25 » Lista de grampos
19.05.17 09h25 » Em sigilo
19.05.17 09h22 » "Cartas Marcadas"



Copyright 2012 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet