Artigos
  • VICTOR MAIZMAN
    Se agente público pode agir de forma discricionária, Constituição censura atitudes incoerentes

Tamanho do texto A- A+
04.04.2017 | 17h33
Sodoma
Juíza diz que Pedro Nadaf não é delator
DA REDAÇÃO
Selma Arruda

A juíza Selma Arruda: ex-secretário Nadaf não firmou termo de colaboração premiada

A juíza Selma Arruda, da Vara Contra o Crime Organizado da Capital, afirmou que o ex-secretário de Estado Pedro Nadaf não é delator da Operação Sodoma, que já teve cinco fases deflagradas em Mato Grosso e que apura crimes de corrupção e lavagem de dinheiro no Estado.

“Há que se registrar que com relação a Pedro Jamil Nadaf, até a presente data não foi homologado por este juízo nenhum temo de colaboração premiada firmada por este réu”, afirmou a magistrada.

A declaração consta em recente decisão em que Selma rejeitou a denúncia do Ministério Público Estadual (MPE-MT) contra cinco alvos da 4ª fase da Sodoma.

As suspeitas de que Nadaf seria delator da Sodoma correm nos bastidores desde o ano passado. O próprio Nadaf afirmou que chegou a ser ameaçado na prisão pelo ex-assessor de Silval Barbosa, Sílvio Araújo, em razão da desconfiança da suposta colaboração.

Algumas viagens feitas pelo ex-secretário também reforçariam a tese, uma vez que a delação poderia envolver políticos com prerrogativa de foro e, por isso, teria sido firmada com a Procuradoria Geral da República, em Brasília (DF).


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Maio de 2017
22.05.17 14h44 » Rêmora
22.05.17 14h43 » Leves e soltos
22.05.17 14h42 » Grampos
22.05.17 14h42 » Propina
22.05.17 14h41 » JBS e Propina
22.05.17 14h41 » “Arapongagem”
22.05.17 14h40 » Alvo do Gaeco
19.05.17 09h25 » Lista de grampos
19.05.17 09h25 » Em sigilo
19.05.17 09h22 » "Cartas Marcadas"



Copyright 2012 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet