Artigos
  • GISELE NASCIMENTO
    Decisões que atestam o “mero aborrecimento” em casos de desrespeito ao consumidor estimulam o “mero abuso”
  • HÉLCIO CORRÊA
    Não vale mais baratear debate prisional no Brasil ou ficar inutilizando recursos públicos no modelo vingativo e ineficaz
  • VICTOR MAIZMAN
    Cláusula do Devido Processo Legal assegura que ninguém será privado de seus bens, sem o processo legal
  • GONÇALO DE BARROS
    Nas redes sociais, os julgamentos são mais abertos, transparentes; a exceção é o anonimato

Tamanho do texto A- A+
17.03.2017 | 17h19
Esquema S/A
SAD era “menina dos olhos” de criminosos
DA REDAÇÃO
Ana Bardusco

A promotora Ana Cristina Bardusco, que citou predileção pela SAD

Na denúncia derivada da quinta fase da Operação Sodoma, o Ministério Público Estadual (MPE) afirmou que a Secretaria de Estado de Administração (SAD) era considerada “a menina dos olhos” do grupo criminoso investigado na operação.

A Sodoma 5 investigou o esquema de fraudes em licitação que teria causado prejuízo de R$ 8,1 milhões aos cofres do Estado, entre 2011 e 2014, durante a gestão do ex-governador Silval Barbosa (PMDB).

De acordo com a promotora de Justiça Ana Cristina Bardusco, a SAD concentrava não somente as licitações do Executivo, como também os recursos públicos dos demais órgãos do Governo destinado ao pagamento da execução dos contratos firmados em adesão aos registros de preços de fornecimento de combustíveis realizados pela Administração.

“A Secretaria de Estado de Administração destacava-se como verdadeira ‘menina dos olhos’ para a organização criminosa, de modo que, a escolha dos membros pelo líder Silval Barbosa para comandar esta pasta, bem como para ocupar o cargo de secretário-adjunto da pasta, era de extrema importância para que o sucesso dos vários esquemas criminosos de pagamentos de propina e de desvios de recursos públicos fossem implementados, como o que sucedeu com as empresas: Marmeleiro Auto Posto Ltda. E Saga Comércio e Serviço Tecnologia e Informática Ltda”, afirmou a promotora, em trecho da denúncia.


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Dezembro de 2017
12.12.17 08h45 » Afastado do TCE
11.12.17 15h52 » Grampolândia
11.12.17 12h00 » Monitorado
07.12.17 17h00 » Supremo bate-boca
07.12.17 10h43 » Grampos S/A
07.12.17 09h00 » Justiça
06.12.17 08h35 » “Gravidade”
05.12.17 14h00 » Sem paciência
05.12.17 10h43 » Estrelado
05.12.17 08h25 » Convescote



Copyright 2012 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet