Artigos
  • LUIZ FLÁVIO GOMES
    Processo que apeou do poder a ex-presidente foi golpe ou merda expulsão de ladrões?
  • GISELE NASCIMENTO
    Toda disputa exige o prévio conhecimento das regras, mas também o uso de boa técnica
STF / INVESTIGAÇÃO

Tamanho do texto A- A+
13.03.2018 | 10h43
Barroso autoriza quebra de sigilo telefônico de ex-auxiliar e de amigo de Temer
Decisão de ministro do STF foi tomada em inquérito que apura suposto favorecimento à empresa Rodrimar no porto de Santos
Rosinei Coutinho/SCO/STF
O ministro Luís Roberto Barroso, do STF
DA TV GLOBO

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF) autorizou a quebra dos sigilos telefônico e telemático (e-mails e mensagens) de duas pessoas ligadas ao presidente Michel Temer – o ex-deputado Rodrigo da Rocha Loures (PMDB) e o coronel João Baptista Lima. Rocha Loures foi assessor de Temer na Presidência da República. Lima é amigo do presidente.

A decisão de Barroso foi tomada dentro do inquérito que apura suposto favorecimento de interesses da empresa Rodrimar no porto de Santos por meio de um decreto presidencial.

Na mesma decisão, Barroso também autorizou quebras de sigilos do dono da Rodrimar, Antonio Celso Grecco, e do diretor da empresa Ricardo Mesquita. Eles negam ter feito pagamentos ilícitos em troca de supostas vantagens por meio da edição do decreto.

Em razão do mesmo caso, o ministro já havia determinado a quebra do sigilo bancário do próprio Temer. O presidente nega ter cometido irregularidades e disse que dará à imprensa "acesso total" às informações do extrato bancário.

Segundo o jornal, a decisão de Barroso foi tomada no último dia 27 de fevereiro, mesmo dia em que ele autorizou a quebra do sigilo de Temer.


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Abril de 2018
24.04.18 18h32 » STF tira de Moro trechos de delação da Odebrecht sobre Lula
24.04.18 14h34 » Marco Aurélio decide não levar 'em mesa' votação sobre 2ª instância
23.04.18 16h23 » Ameaça à democracia não vem das Forças Armadas, mas de corporações, diz Gilmar
23.04.18 10h01 » Blairo e Novelli pedem acesso à delação ainda sigilosa de Silval
19.04.18 11h26 » Imprensa divulga leitura equivocada das decisões do STF, diz Toffoli
19.04.18 10h22 » STF mantém decisão que obriga MT a construir mais 4 presídios
17.04.18 16h47 » Cuiabá tem 18 presas com filhos menores aguardando domiciliar
17.04.18 15h35 » Aécio Neves vira réu no Supremo por corrupção e obstrução de Justiça
16.04.18 17h46 » STF arquiva inquérito que investigava suposta fraude de deputado
16.04.18 16h14 » Barroso afirma não ver risco de novo golpe militar no Brasil



Copyright © 2018 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet