Artigos
  • GISELE NASCIMENTO
    A data tão esperada de 20 de dezembro se aproxima, momento em que para os que trabalham com o Direito quase tudo para
  • LEONARDO CAMPOS
    Fim do Exame de Ordem vai à contramão do desejo da sociedade
STF / LAVA JATO NO RIO

Tamanho do texto A- A+
18.12.2017 | 16h48
Gilmar Mendes manda soltar Adriana Ancelmo, mulher de Sérgio Cabral
Adriana Ancelmo foi presa há um ano em um desdobramento da Lava Jato no Rio
Divulgação
O ex-governador do RJ Sérgio Cabral e a mulher, Adriana Ancelmo
RENAN RAMALHO

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), mandou soltar nesta segunda-feira (18) Adriana Ancelmo, mulher do ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral (PMDB).

Na mesma decisão, Gilmar Mendes substituiu a prisão preventiva por recolhimento domiciliar.

Adriana Ancelmo foi presa pela primeira vez em dezembro do ano passado, no âmbito da Operação Calicute, um desdobramento da Lava Jato no Rio de Janeiro.

Foi esta mesma operação que levou Sérgio Cabral à prisão.

Até o mês passado, Adriana Ancelmo cumpria prisão domiciliar, mas, por decisão do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2), teve de retornar à cadeia.

Em setembro deste ano, ela foi condenada a 18 anos e 3 meses de prisão pelo crime de lavagem dinheiro e por ser beneficiária do esquema de corrupção comandado por Sérgio Cabral.


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Dezembro de 2018
14.12.18 16h18 » Supremo aponta novos crimes e não homologa delação de Riva
14.12.18 09h26 » Fux manda prender Cesare Battisti e abre caminho para extradição
13.12.18 15h53 » Fux derruba a própria decisão e autoriza multa a transportador
11.12.18 08h45 » Resultados da Lava Jato seriam 'bem menores', diz Edson Fachin
10.12.18 11h19 » Ministro do STF nega HC e governador do Rio segue preso
07.12.18 17h48 » Gilmar Mendes manda soltar Wilson Carlos, ex-secretário de Cabral
06.12.18 15h56 » STF mantém Jarbas fora da Polícia e proibido de falar com Taques
06.12.18 15h53 » Toffoli pede a PF e PGR apuração do caso de advogado que abordou Lewandowski
04.12.18 17h40 » Gilmar Mendes pede vista e adia julgamento sobre liberdade de Lula
04.12.18 14h44 » Ministro determina investigação individual contra Wellington



Copyright © 2018 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet