Artigos
  • GILMAR MENDES
    Esse procedimento acaba sendo o meio para coibir interpretações equivocadas e mesmo abusos na prisão
  • ELVIS KLAUK JR
    Antes de fechar negócio é muito importante verificar se o imóvel está com os respectivos documentos em ordem
  • PAULO LEMOS
    Na política, há um quadro crônico e agudo de delírios, alucinações, desejos, impulsos e compulsões
STF / ESDRAS

Tamanho do texto A- A+
31.10.2017 | 10h22
Paulo Taques não recorre de decisão contrária e ministro arquiva HC
Arquivamento se deu após a defesa do ex-secretário deixar de recorrer no prazo legal
Alair Ribeiro/MidiaNews
O ex-secretário chefe da Casa Civil, Paulo Taques, que está preso há mais de um mês
LEONARDO HEITOR
DO FOLHAMAMAX

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Roberto Barroso, arquivou o pedido de habeas corpus feito pela defesa do ex-secretário da Casa Civil do Governo Taques, Paulo Taques, preso na "Operação Esdras" e que está atualmente no Centro de Custódia da Capital (CCC).

O ex-secretário já está recolhido há mais de um mês.

O arquivamento se deu após a defesa do ex-secretário deixar de recorrer no prazo legal da negativa de liminar na ação. Um outro habeas corpus tramita ainda no Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Taques está preso acusado de atrapalhar as investigações de grampos ilegais existentes no Mato Grosso. Ele foi detido por uma decisão do desembargador Orlando Perri, que apontou o ex-secretário como um dos membros da suposta organizaçaão criminosa que havcia montado um plano para gravar o magistrado e torná-lo suspeito na investigação.

O ministro havia se negado a examinar o habeas corpus, pois o pedido buscava revogar a decisão do ministro do STJ, Ribeiro Dantas, que manteve a prisão decretada pelo desembargador do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), Orlando Perri, durante a Operação Esdras.

Barroso entendeu que a defesa de Taques “suprimiu instância”, pois recorreu ao STF antes de obter uma decisão do colegiado do STJ.


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Janeiro de 2018
19.01.18 17h04 » Presidente pede ao STF para arquivar inquérito sobre suspeita de propina
16.01.18 10h49 » Supremo julgará se juiz poderia ter proibido privatização
15.01.18 15h01 » Cármen Lúcia se reúne com presidente do TRF-4 para discutir segurança
13.01.18 09h08 » CNMP pode afastar lei que cria restrições a pena para promotor, diz Fachin
10.01.18 08h09 » Citada como operadora financeira, empresária negocia delação
08.01.18 17h21 » STF suspende inscrição de MT em cadastros de inadimplentes
05.01.18 17h28 » Gilmar Mendes anula reabertura de PAD contra desembargadora do TRF-1
05.01.18 17h17 » Defensores vão ao STF contra Governo e cobram duodécimo
05.01.18 17h03 » Cármen Lúcia nega pedido e mantém Sérgio Ricardo fora do TCE
02.01.18 14h53 » Cármen Lúcia mantém professores atuando em presídios



Copyright © 2018 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet