Artigos
  • RENATO NERY
    Não é sem motivo que se tornou um grande jornalista. Não sei se ele perseguia as notícias ou se estas o perseguiam
  • LEOMAR DARONCHO
    A “Reforma” não toca na questão do aperfeiçoamento e das possibilidades da efetiva atuação sindical
STF / PAUTA DO SUPREMO

Tamanho do texto A- A+
16.02.2017 | 08h21
Maioria do Supremo nega liberdade para Cunha
O relator já foi acompanhado pelos ministros Luís Barroso, Rosa Weber, Dias Toffoli, Gilmar Mendes.
DIVULGAÇÃO
DO ISTOÉ

Em voto lido no Plenário do Supremo Tribunal Federal nesta quarta-feira, 15, o ministro Luís Fachin, relator da Lava Jato, decidiu pela manutenção do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB/RJ) na cadeia.

A defesa do peemedebista tentou, via Reclamação à Corte máxima, derrubar a ordem de prisão imposta pelo juiz federal Sérgio Moro. “Voto pela manutenção da decisão agravada e pelo não conhecimento de concessão do pedido de habeas corpus”, decidiu Fachin. 

O relator já foi acompanhado pelos ministros Luís Barroso, Rosa Weber, Dias Toffoli, Gilmar Mendes.

Em sua fala, o ministro Marco Aurélio questionou: “O que estamos a julgar neste processo? Estamos a julgar Eduardo Cunha? A definir a culpa de Eduardo Cunha?

Não estamos a julgar o acusado, até aqui simples acusado, muito embora já crucificado pela opinião pública.” 

Fonte: http://istoe.com.br/maioria-do-supremo-nega-liberdade-para-cunha/?utm_source=terra&utm_medium=home&utm_campaign=parceiro  


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Junho de 2017
23.06.17 14h46 » 'Não se pode demonizar a política', afirmou ministro relator da Lava Jato
23.06.17 14h36 » Jato da FAB que conduzia Gilmar Mendes ao Pará volta a Brasília
14.06.17 09h24 » Instituto de Gilmar Mendes recebeu R$ 2,1 mi da J&F
08.06.17 08h37 » Supremo definirá se nova eleição é precedente para caso Temer
08.06.17 08h32 » TSE e Supremo terão sessões ao mesmo tempo nesta quinta-feira
07.06.17 17h21 » STF absolve Leitão por suposto prejuízo de R$ 2,9 milhões
Maio de 2017
29.05.17 09h20 » Defensoria quer proibição de prisão de quem não pode pagar fiança
29.05.17 09h10 » De cada três leis, duas foram julgadas inconstitucionais pelo STF
26.05.17 18h13 » Gilmar Mendes acusa Rodrigo Janot de atacar sua família
26.05.17 18h08 » Fachin pede redistribuição de inquérito sobre caixa dois de deputado



Copyright 2012 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet